UAI

2

América diz que precisa 'reaprender sobre futebol' após pênalti não marcado

Nas redes sociais, o Coelho cobrou a marcação de um pênalti na derrota por 1 a 0 para o Fortaleza, neste domingo, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro

19/06/2022 21:44
compartilhe
América questiona um possível pênalti em cima do zagueiro Conti
foto: Reprodução/GE

América questiona um possível pênalti em cima do zagueiro Conti


O América voltou a criticar a arbitragem neste domingo (19), após a não marcação de um pênalti na derrota por 1 a 0 para o Fortaleza, no Castelão, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fortaleza x América: fotos do jogo no Castelão pelo Brasileiro



O Coelho criticou a decisão do árbitro Leandro Vuaden em não assinalar penalidade aos 38' do segundo tempo, quando ele foi chamado pelo VAR para observar uma possível cotovelada de Titi, do Fortaleza, em Conti, do América, na grande área do Leão. 
 
No entanto, após analisar a jogada por diversas câmeras, o juiz entendeu que não houve falta e deu continuidade à partida. 
 
Nas redes sociais, o clube protestou: 'Se isso não é pênalti, temos que reaprender tudo sobre futebol', seguido do vídeo do lance. Veja abaixo:


 
Vuaden discordou do VAR em dois lances da partida. Aos 37', o árbitro de vídeo entendeu que Conti foi puxado por Titi na grande área, o que também foi rechaçado pelo 'dono do apito'. 
 

Reclamações recentes do América

 
Após o América empatar em 0 a 0 com o Fluminense na quarta-feira (15), pela 12ª rodada do Brasileiro, Euler Araújo, membro do conselho administrativo do Coelho, se revoltou com o árbitro Anderson Daronco.  
 
No Independência, o time jogou com um a menos desde os 11 minutos do primeiro tempo, quando o meia Alê foi expulso por dar uma cotovelada no rosto do zagueiro tricolor Nino.
 
"É a vida inteira, esse cara tem ódio do América, cara***. O que você tem contra o América, po***? O que o América te fez, cara***?" O que o América te fez, cara***?", reclamou o dirigente.
 
Já na derrota por 2 a 0 para o Ceará, pela 11ª rodada, também no Independência, o América solicitou o áudio do VAR à CBF.
 
No primeiro gol do Vozão, o árbitro Douglas Marques das Flores foi chamado à cabine de vídeo para avaliar o lance. 

Na jogada, o responsável pelo VAR entendeu que poderia ter havido uma possível cotovelada de Mendoza em Patric. Flores observou o lance no vídeo e decidiu validar o gol.

Compartilhe