UAI

2

Mancini promete mudanças no América: 'Alguma coisa temos que fazer'

Técnico lamentou a oscilação da equipe na derrota para o Flamengo e projetou mudanças na escalação do Coelho

26/06/2022 16:15 / atualizado em 26/06/2022 16:15
compartilhe
Mancini quer revigorar a equipe do América com as mudanças na escalação
foto: Mourão Panda / América

Mancini quer revigorar a equipe do América com as mudanças na escalação


Vagner Mancini prometeu mudanças na escalação do América na próxima partida. O treinador do Coelho disse que 'precisa fazer alguma coisa' e tentará revigorar a equipe para enfrentar o Botafogo.



A declaração do técnico foi feita em entrevista coletiva, após a derrota por 3 a 0 para o Flamengo, nesse sábado (25), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Com o resultado, o Coelho ampliou o jejum de 22 anos sem vencer o Flamengo e chegou a cinco jogos sem triunfos na Série A. A equipe caiu para a 16ª colocação, com 15 pontos, e ainda pode entrar na zona de rebaixamento caso a partida entre Goiás e Cuiabá tenha um vencedor. 
 
"Alguma coisa a gente tem que fazer. Temos tentado de todas as maneiras, nos últimos jogos, algum tipo de alteração que faça retornar a segurança, o conforto de uma equipe que precisa ter um equilíbrio entre atacar e defender", afirmou.

Mudanças na escalação do América


No revés, o América utilizou os seguintes jogadores: Matheus Cavichioli, Patric, Éder, Danilo Avelar e Marlon (Luan Patrick, aos 9' do 2ºT); Lucas Kal (Zé Ricardo, aos 27' do 2ºT) Juninho e Alê; Everaldo (Matheusinho, aos 27' do 2ºT), Felipe Azevedo (Pedrinho, aos 9' do 2ºT) e Henrique Almeida (Aloísio, aos 9' do 2ºT).

Na escalação titular, Mancini promoveu duas mudanças técnicas em relação aos últimos jogos. Patric entrou no lugar de Cáceres na lateral, e Henrique Almeida ganhou a vaga e Aloísio no ataque. 

No gol, Matheus Cavichioli ganhou uma oportunidade após Jailson ser diagnosticado com amigdalite. O restante da equipe foi a base já utilizada pelo treinador.

"Possivelmente vamos ter alterações de peças sim. Algumas peças acabaram, ao longo dos últimos jogos, caindo de produção. Tem que entrar a mão do treinador. Tenho que revigorar a equipe, fazer com que possa ser mais competitiva, que não oscile tanto", projetou Mancini.

O América receberá o Botafogo na quinta-feira, às 19h, no Independência, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. 

Compartilhe