UAI

2

América rescinde com goleiro Jailson; iniciativa partiu do atleta

Herói americano na Copa Libertadores, Jailson tomou a iniciativa de rescindir seu contrato com o clube; vínculo tinha previsão de término em dezembro de 2022

05/07/2022 17:53 / atualizado em 05/07/2022 18:58
compartilhe
Jailson durante treino no CT Lanna Drumond
foto: João Zebral / América

Jailson durante treino no CT Lanna Drumond


Herói na Copa Libertadores, o goleiro Jailson solicitou rescisão contratual junto ao América. O clube divulgou, nesta terça-feira (5), que a iniciativa foi tomada por parte do atleta. O vínculo tinha previsão para término em dezembro.
 
Jailson não vinha sendo relacionado para os últimos jogos do Coelho. O clube alegou que o goleiro estava em processo de recuperação de um desconforto muscular na perna esquerda e que, posteriormente, teve amigdalite. Sua última partida com a camisa alviverde foi em 15 de junho, contra o Fluminense, pela 12ª rodada do Brasileiro.
 
Durante os quatro jogos que Jailson esteve fora, o América contou com a presença de dois diferentes goleiros abaixo de suas traves. Primeiramente, Airton atuou contra o Fortaleza, pela 13ª rodada da Série A. Depois, Matheus Cavichioli retornou de longo período lesionado e jogou contra Flamengo e Goiás, pela 14ª e 15ª rodada do Brasileiro, e diante o Botafogo, pelas oitavas da Copa do Brasil.
 

América 0 x 0 Fluminense: fotos do jogo no Independência pela Série A

 
 

Concorrência 

 

Ídolo do América, Cavichioli ficou seis meses longe dos gramados devido à intervenção cirúrgica para colocar um cateter no coração e desobstruir uma veia entupida. Com seu retorno, o técnico Vagner Mancini teria a dura missão de escolher entre ele e Jailson para defender o gol alviverde.

Após a vitória sobre o Goiás, nesse domingo (3), o treinador chegou a responder sobre a concorrência por vaga no time titular. Durante o discurso, o comandante afirmou que, no momento certo, seria escolhido entre um ou outro.
 
"O Jailson teve momentos marcantes aqui, lá atrás, na Libertadores, assim como o Matheus também tem uma história no clube. Será decidido com calma. Não dá para adiantarmos nada. Mas, no momento certo, vamos decidir", disse Mancini.
 
 
 

Passagem pelo América


Apesar da curta passagem de cinco meses e meio, Jailson deixou marcas grandiosas na história do América. Contratado em janeiro para substituir Cavichioli, o goleiro, de 40 anos, se adaptou rapidamente ao clube mineiro.

Durante os 27 jogos pelo Coelho, um ficou marcado na memória do torcedor. O arqueiro já havia feito excelentes 90 minutos no empate em 0 a 0 contra o Barcelona-EQU, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa Libertadores. Ainda assim, nos pênaltis, defendeu a cobrança de Quiñónez e classificou o América para a fase de grupos da competição. 
 
 

Compartilhe