UAI

2

Com lesão rara e dois jogos em um ano, Berrío deixa o América

Atacante Orlando Berrío lida com lesão fúngica na região da tíbia da perna esquerda, considerada raríssima no mundo esportivo

11/07/2022 19:41 / atualizado em 11/07/2022 20:26
compartilhe

Orlando Berrío realizou apenas duas partidas com a camisa do América
foto: Mourão Panda / América

Orlando Berrío realizou apenas duas partidas com a camisa do América


O América informou, na tarde desta segunda-feira (11), que o atacante colombiano Orlando Berrío não permanecerá no clube para o restante da temporada. O vínculo entre as partes tinha previsão para término no fim deste mês de julho.

 

 

 

Devido a problemas físicos, o estrangeiro realizou apenas duas partidas com a camisa do Coelho. Desde quando chegou ao América, em julho de 2021, Berrío lida com lesões na região da tíbia e no joelho esquerdo.

 

Sempre que o atacante retornava aos gramados, os machucados voltavam a inchar, como sinal de inflamação. Em novembro, o problema se agravou devido a um fungo contraído na região da tíbia. O atleta precisou passar por cirurgia e ficou internado durante mais de duas semanas.

 

"É uma lesão muito rara. Só tem 15 casos registrados. Então, é algo muito incomum. Foi muito difícil para mim não fazer o que eu gosto, que é jogar futebol. O mais difícil passou, que era saber a raiz de tudo. O tempo que passou, de internação, de pensar a noite toda o que era, não dormir, pensando muitas coisas. Foi de um momento para outro que aconteceu", disse Berrío, em novembro.

 

 

Recuperação 

 

O América foi solidário e renovou o vínculo do colombiano enquanto este passava pelo processo de recuperação. O contrato, que tinha previsão para término no fim de dezembro de 2021, foi estendido para o fim de julho de 2022.

 

Atualmente, Berrío já está em processo final do tratamento da lesão. Em junho, o atacante já havia iniciado os trabalhos de transição física. Nas últimas semanas, chegou a participar dos treinamentos com o elenco alviverde.

 

Camisas com manga longa do América e de outros sete clubes




Compartilhe