Atlético

CAMPEONATO MINEIRO

Atual campeão, favorito Atlético inicia Mineiro já de olho na Libertadores

À procura de substituto para Sampaoli e reforços, clube investe alto para conquistar principais competições da temporada; Estadual é a menor das prioridades

postado em 26/02/2021 07:00

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
Atual campeão e principal favorito ao título, o Atlético inicia o Campeonato Mineiro já de olho nas principais competições de 2021, como a Copa Libertadores. O clube estabeleceu um planejamento para dar folga aos jogadores mais utilizados na última temporada. No início do Estadual, a ideia é mesclar os ‘descansados’ do elenco principal com atletas da equipe de transição.

“Alguns dos atletas que tiveram mais minutagem no decorrer de 2020 receberão alguns dias de recesso. Vamos debater ainda a definição em relação a esse período. Outros iniciam juntamente com a equipe de transição, fazendo uma união, para iniciar o campeonato estadual. Depois, lá na frente, nós vamos avaliar se daremos ou não um descanso para aqueles que iniciarem agora”, explicou o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

Com esse cronograma, a intenção da cúpula alvinegra é contar com o elenco completo na segunda quinzena de abril, quando se inicia a fase de grupos da Libertadores. A estreia contra a URT, às 18h15 de domingo, no Mineirão, é a menor das prioridades do clube no momento.

Fora de campo, a diretoria concentra as energias na busca por um substituto para o técnico Jorge Sampaoli, que dirigirá o Olympique de Marseille, da França. A despedida do argentino foi nessa quinta, contra o Palmeiras, pela rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro.

Enquanto não contrata um novo comandante, o Atlético será dirigido por integrantes da comissão técnica permanente: os auxiliares Lucas Gonçalves e Éder Aleixo, além do preparador físico Ricardo Seguins.

De olho no mercado


Ao mesmo tempo em que procura um novo treinador, o clube alvinegro não cessa a busca por reforços. Para a temporada que se inicia neste fim de semana, três contratações já foram confirmadas: o lateral-esquerdo Dodô, o meia Ignacio “Nacho” Fernández e o atacante Hulk. Por questões legais, o trio não poderá participar da estreia diante da URT.

Depois de reforçar setores de criação com nomes de peso, a diretoria prioriza a chegada de jogadores para o sistema defensivo. Ao longo do Campeonato Brasileiro de 2020, a fragilidade no setor foi um dos pontos fracos da equipe de Sampaoli na disputa pelo sonhado título.

Meta: o 46º troféu


(Foto: Pedro Souza/Atlético)

Apesar do foco em outras competições e da utilização de um time recheado de jovens no início do Mineiro, o Atlético desponta como o principal favorito ao troféu. O clube alvinegro é o recordista em conquistas estaduais, com 45 taças, e superou os R$ 200 milhões investidos em contratações desde o ano passado.

Em 2020, o Atlético teve uma primeira fase de Mineiro cheia de atribulações. Depois do fiasco com Rafael Dudamel e do período de transição sob o comando interino de James Freitas, o time embalou com Sampaoli, mas terminou a etapa classificatória apenas na terceira posição.

No mata-mata, o Atlético mostrou superioridade e venceu os quatro jogos que disputou. Na semifinal, eliminou o rival América com triunfos por 2 a 1 e 3 a 0. Na decisão, superou o Tombense - que teve a maior pontuação da primeira fase - por 2 a 1, na ida, e 1 a 0, na volta.

Atlético


Nome completo: Clube Atlético Mineiro
Fundação: 25 de março de 1908
Posição no último Mineiro: Campeão
Presidente: Sérgio Coelho
Técnicos (interinos): Lucas Gonçalves, Éder Aleixo e Ricardo Seguins
Principais contratações: Hulk e Ignacio Fernández
Time-base: Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Nacho Fernández; Hulk, Keno e Eduardo Vargas (Sasha)

Elenco


Goleiros: Everson, Rafael e Victor
Zagueiros: Réver, Junior Alonso, Igor Rabello, Gabriel e Bueno
Laterais-direitos: Guga e Mariano
Laterais-esquerdos: Guilherme Arana e Dodô
Meio-campistas: Allan, Jair, Matías Zaracho, Alan Franco, Nathan, Dylan Borrero, Hyoran, Calebe e Nacho Fernández
Atacantes: Diego Tardelli, Hulk, Vargas, Sasha, Keno, Marrony, Savarino e Sávio

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea