UAI

2

Saiba de onde vem o apelido 'El Turco' do novo técnico do Galo

Atlético anunciou Antonio Mohamed como o treinador que comandará o time na temporada de 2022

13/01/2022 17:55 / atualizado em 13/01/2022 20:00
compartilhe
Antonio 'El Turco' Mohamed recebeu este apelido vem de suas origens sírio-libanesas
foto: AFP / KARIM JAAFAR

Antonio 'El Turco' Mohamed recebeu este apelido vem de suas origens sírio-libanesas


Após longa procura, o Atlético anunciou, na tarde desta quinta-feira (13), seu novo treinador. Trata-se do argentino Antonio Mohamed, conhecido como 'El Turco'. O motivo pelo qual o técnico recebeu este apelido vem de suas origens sírio-libanesas.

Apesar das diferenças territoriais e políticas entre Turquia, Síria e Líbano, o presidente do Atlético, Sérgio Coelho, afirmou, durante o anúncio de Mohamed, que o treinador gosta do apelido: "A Massa toda feliz pelo nome do 'El Turco'. Quero dizer para todos que o nosso treinador gosta que o chamem de 'El Turco'".

Localizada no continente asiático, na costa leste do Mar Mediterâneo, a Síria faz divisa com o Líbano e com a Turquia. Os três países carregam importantes laços históricos, já que fizeram parte do Império Otomano, no século XV.

Apesar da proximidade territorial, Síria e Turquia vivenciaram conflitos políticos a partir da Primeira Guerra Mundial. Entre as causas dos desentendimentos estão a província turca de Hayat, a construção de barragens nos rios Eufrates e Orontes e movimentos opostos na década de 1980 e 1990, no apoio sírio ao PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão).

Em 1998, os dois países assinaram o 'Acordo de Adana', que deu fim às hostilidades entre estes. Atualmente, a Síria tem papel fundamental para a resolução de conflitos políticos da Turquia com seus vizinhos e a sua abertura para o Mundo Árabe.

Apesar do apelido e de sua ascendência, 'El Turco', o novo comandante do Galo, nunca treinou nenhum time asiático. Anteriormente, o técnico passou por Zacatepec, Morelia, Querétaro, Jaguares, Veracruz, Tijuana, América e Monterrey, do México; Huracán, Colón e Independiente, da Argentina; e Celta de Vigo, da Espanha.

Compartilhe