UAI

2

Tite diz que aceita convocar Hulk, mas brinca: 'Quem eu vou tirar?'

Treinador da Seleção Brasileira comenta as chances de convocação do atacante do Atlético e do meia palmeirense Raphael Veiga para a Copa do Mundo do Catar

18/05/2022 09:21 / atualizado em 18/05/2022 10:02
compartilhe
Hulk foi chamado por Tite para Seleção Brasileira apenas uma vez
foto: Lucas Figueiredo/CBF

Hulk foi chamado por Tite para Seleção Brasileira apenas uma vez

Em alto nível no Atlético desde a temporada passada, Hulk é constantemente pedido por torcedores para integrar a Seleção Brasileira. Desde o retorno ao futebol brasileiro, o atacante de 35 anos foi convocado pelo técnico Tite apenas uma vez. Em entrevista ao podcast Fala, Brasólho, do canal Desimpedidos, o comandante canarinho comentou sobre as chances de chamar o atleticano e o meia palmeirense Raphael Veiga, também bastante solicitado pela opinião pública, para a Copa do Mundo de 2022, em novembro, no Catar. 



"Eu aceito (convocar Hulk e Raphael Veiga). Convoco todos que quiserem. Só me diz quem eu tiro também. Só podem 23 ou 26. Só dizem que eu tenho que convocar, mas não dizem quem eu tenho que tirar", brincou Tite, em conversa descontraída com o apresentador Fred. 

Depois de cinco anos sem chances com a Amarelinha, Hulk foi convocado em setembro de 2021 para jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Em 9 de setembro, ele entrou aos 38 minutos do segundo tempo na vitória por 2 a 0 sobre o Peru, na Arena Pernambuco.

Na ocasião, ele substituiu Gabigol, do Flamengo. Aquela foi a 49ª partida do atacante do Atlético, que  jogou a Copa do Mundo de 2014, pela Seleção Brasileira. Embora tenha marcado 11 gols em amistosos ou pela equipe olímpica do Brasil, Hulk não balançou as redes em partidas oficiais.

O desempenho pelo Atlético, no entanto, não deixa dúvidas de que o atacante segue no radar do técnico Tite. Após um 2021 mágico, com artilharias em todas as competições, o atacante segue "voando" em 2022. Já são 16 gols e três assistências em 18 jogos.

Ao todo, pelo Galo, o camisa 7 tem 52 bolas nas redes em 86 partidas, além de cinco títulos conquistados - dois estaduais, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Supercopa. 

Veja a disputa da artilharia dos jogadores da Série A no ano




Compartilhe