UAI

2

Hulk valoriza empate do Galo: 'Sempre que jogar contra vai ser uma final'

Atacante do Atlético disse que foi importante somar pontos fora de casa contra o Palmeiras, especialmente pela dificuldade com o gramado do Allianz Parque

05/06/2022 18:54
compartilhe
Hulk teve pouca participação diante do Palmeiras nesta tarde
foto: Pedro Souza/Atlético

Hulk teve pouca participação diante do Palmeiras nesta tarde

Antes do início da 9ª rodada, Palmeiras e Atlético eram os líderes do Campeonato Brasileiro. No confronto entre duas das principais forças do futebol nacional, um empate sem gols, em jogo morno que era cercado de expectativas. Mas o ponto conquistado no Allianz Parque precisa ser valorizado. Pelo menos nas palavras de Hulk, ídolo do Galo.

"Acho que a entrega de todos os jogadores foi muito importante. Como eu falei, viemos pela vitória, mas o mais importante é não perder, até porque é confronto direto também", disse Hulk, após o empate.


De acordo com o jogador, enfrentar o Palmeiras será sempre como uma decisão. Afinal de contas, é o duelo do atual campeão brasileiro e da Copa do Brasil contra o bicampeão da Copa Libertadores.

"É um adversário que sempre que jogar contra vai ser uma final, até porque são dois dos melhores times não só do Brasil, mas da América também. É sempre um jogo gostoso de jogar, bastante disputado, pegado. O importante é deixar tudo lá dentro, lutar pelo nosso pão. Acabou aqui, existe o máximo respeito de ambas as partes, e o futebol é isso. Acho que essa disputa leal é muito importante", completou.

Mas por qual motivo o jogo entre Atlético e Palmeiras, um dos duelos mais esperados do futebol brasileiro, terminou sem gols e com poucas chances de perigo. Hulk tentou explicar. 

"As duas equipes defenderam muito bem. Não costumo ver muitos jogos do Palmeiras, mas sempre que jogam contra a gente, colocam três zagueiros. Não sei se é a estratégia deles para poder fechar mais, mas é uma equipe que se defende muito bem. As duas equipes querendo ganhar, foi um jogo bastante disputado e muito leal".

Outro motivo apontado por Hulk foi a dificuldade com o gramado do Allianz Parque. De acordo com o atacante, o Galo teve dificuldades para se adaptar à grama artificial. O camisa 7 do Alvinegro citou um lance no fim da partida para explicar a sua teoria.

"A gente queria a vitória. Viemos aqui para buscar a vitória. Sabíamos da dificuldade. Um gramado que a gente não está habituado, né? Gramado sintético. A equipe do Palmeiras joga aqui uma ou duas vezes por semana, então já está acostumada. Já sabe o tempo da bola. Até no último lance ali, que tentei dar para o Savinho, a bola corre muito mais", concluiu.

Palmeiras x Atlético: veja fotos da partida pelo Brasileiro



Compartilhe