UAI

2

Turco diz que sempre teve apoio da diretoria e do elenco no Atlético

Após vitória do Galo sobre o Flamengo, neste domingo (19), técnico argentino enfatizou confiança da alta cúpula alvinegra e dos atletas no trabalho

19/06/2022 19:15 / atualizado em 19/06/2022 20:22
compartilhe
Turco ressaltou respaldo que tem com diretoria e jogadores no Atlético após semana de muita pressão
foto: Reprodução/GaloTV

Turco ressaltou respaldo que tem com diretoria e jogadores no Atlético após semana de muita pressão


O técnico "El Turco" Mohamed afirmou que sempre teve respaldo de diretoria e jogadores no Atlético. Neste domingo (19), o Galo aliviou a pressão sobre o treinador com uma vitória sobre o Flamengo, no Mineirão, pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
 
 

O Atlético teve atuação convincente diante do Rubro-Negro. Com gols de Nacho Fernández e Ademir, o Galo superou o Flamengo por 2 a 0 e subiu para a 3ª colocação na tabela de classificação, com 21 pontos.

Após a partida, Turco comentou sobre a pressão que vinha sofrendo no comando do Galo. O Superesportes apurou que a partida contra o Flamengo poderia significar o fim do trabalho do treinador argentino em caso de qualquer resultado que não fosse a vitória.

"A pressão sempre existe. E a pressão vai de como cada um lida com ela. Eu tomo de uma maneira muito tranquila, porque estou acostumado a trabalhar em times grandes, que têm muita massa, muitos torcedores. Sempre estive respaldado pela diretoria, com tranquilidade para trabalhar e tomar as melhores decisões. Sempre tive respaldo e tranquilidade para trabalhar", afirmou.


 

Atlético x Flamengo: fotos do jogo no Mineirão pelo Brasileiro

 

"Me contrataram por um ano, cinco competições. Jogamos duas e ganhamos duas. Estamos em outras três, competindo. Sei que quando não se ganha alguns jogos, aparecem os rumores, mas o mais importante é a resposta dos jogadores dentro do campo, e os jogadores responderam de grande maneira. Há que seguir igual. Descansar e manter essa humildade e a atitude ganhadora", completou.

Turco falou sobre o ritmo de demissões de treinadores no futebol brasileiro. "Sempre é uma possibilidade", avaliou, mas voltou a destacar o respaldo que tem com os jogadores do Atlético.



"Volto a repetir: a pressão é parte de trabalhar em um time grande. Sempre vai existir. Dos primeiros 12 times do Brasileiro, oito trocaram de treinadores, em cinco meses de trabalho. Sempre é uma possibilidade, mas há que sempre trabalhar com o respaldo dos jogadores, e eu tenho o respaldo dos jogadores dentro do campo, o que é o mais importante", analisou.
 
 

O próximo compromisso do Atlético é, novamente, contra o Flamengo - desta vez, em jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Os rivais voltam a se enfrentar no Mineirão às 21h30 da quarta-feira (22).

Compartilhe