UAI

2

Turco reconhece erros do Atlético, mas valoriza empate com um a menos

Técnico argentino lamentou oportunidades de gol desperdiçadas e falou em correções para o duelo de volta contra o Emelec, mas valorizou resultado

28/06/2022 22:00 / atualizado em 29/06/2022 03:01
compartilhe
Turco falou em erros a serem corrigidos no Atlético após empate com o Emelec
foto: Pedro Souza/Atlético

Turco falou em erros a serem corrigidos no Atlético após empate com o Emelec


O técnico "El Turco" Mohamed reconheceu os erros do Atlético no empate em 1 a 1 com o Emelec, nesta terça-feira (28), no Estádio George Capwell, no Equador. Ainda assim, valorizou a igualdade fora de casa com um jogador a menos desde a metade do segundo tempo.
 
 

Em entrevista, o treinador argentino fez uma avaliação da atuação do Atlético em Guayaquil. Ele crê que sua equipe não foi superior, mas enfatizou as grandes chances de gol desperdiçadas pelo Galo, incluindo o pênalti de Hulk já na reta final.

"Em um trâmite geral do jogo, não fomos superiores, mas tivemos as chances mais claras. Tivemos cinco claras. Uma equipe, quando tem tantas oportunidades claras, não é superada, mas tampouco jogamos como estamos acostumados. Sempre temos um pouco mais de controle da bola. Mas a partida se deu dessa maneira. Aproveitamos os espaços. Já está, isso já é história, temos que aprender disso, porque se define em uma semana", afirmou.

"O Emelec fez um grande jogo, com muita entrega. Com suas armas, foi buscar o jogo. Nós cometemos erros que, neste tipo de partida, não se pode cometer. Tem que sair de aprendizado para poder passar essa fase e para pensar se queremos chegar mais alto: não cometer os erros que cometemos hoje. (...) São pequenos grandes detalhes que marcam a diferença", completou.


 

Emelec x Atlético: fotos do jogo em Guayaquil pela Copa Libertadores

 

Turco valorizou a igualdade no Equador com um jogador a menos, já que Allan foi expulso na segunda etapa. "Tivemos erros que nos complicaram na partida. Tivemos opções claras para definir, contando um pênalti. (...) Mas jogamos muito tempo com um jogador a menos. Importante, dentro disso, que não perdemos. Agora, é pensar que isso continua. Um jogo de 180 minutos. Agora, se define em casa. Está tudo igualado. Lá, vai ser tão disputado como foi aqui", disse.

Falta de concentração?


Turco disse não poder avaliar uma possível falta de concentração dos jogadores do Atlético. Ele voltou a enfatizar os erros cometidos, especialmente no ataque, mas disse ter visto a equipe sofrer pouco no segundo tempo, mesmo com um jogador a menos.

"Dessas situações (falta de concentração), não falo, porque os jogadores podem entender melhor o que passou. Eu posso fazer uma análise geral do jogo. Tivemos a oportunidade para matar, para ganhar o jogo, e não fomos capazes. Mas o mais importante é que não perdemos e, agora, se define em casa. Essa é a avaliação que faço do jogo", analisou.
 

Maiores invencibilidades de visitantes na Libertadores

 

"Estou tentando me lembrar de alguma bola que o nosso goleiro defende, mas não recordo de nenhuma, na verdade. Teve a bola na trave no primeiro tempo, verdade. Depois, não houve nenhuma além do chute do capitão para fora. Mas nenhuma tão clara como os "mano a manos" que tivemos com o goleiro, sem contar o pênalti", encerrou.

O Atlético voltará a enfrentar o Emelec no dia 5 de julho (próxima terça-feira), às 19h15, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Galo precisa de uma vitória para avançar às quartas de final da Libertadores. Em caso de nova igualdade, a decisão ocorrerá nos pênaltis.

Compartilhe