UAI

2

Atlético x Emelec: venda on-line de ingressos é retomada após instabilidade

Site da empresa parceira do Galo na comercialização dos bilhetes enfrentou problemas técnicos no início da noite desta quarta-feira

29/06/2022 22:36 / atualizado em 29/06/2022 22:49
compartilhe
Torcida do Atlético já pode adquirir ingressos para jogo decisivo com Emelec
foto: Alexandre Guzanshe/EMDAPress

Torcida do Atlético já pode adquirir ingressos para jogo decisivo com Emelec

Depois de uma instabilidade no site da empresa responsável pela venda on-line, a comercialização de ingressos para o jogo entre Atlético e Emelec, no próximo dia 5 de julho, às 19h15, no Mineirão, pela Copa Libertadores, foi retomada na noite desta quarta-feira. O problema foi causado por falha no sistema da Imply, empresa parceira do Galo na oferta dos bilhetes pela internet. 



Depois das 22h desta quarta-feira, o Atlético informou, por meio das redes sociais, que a venda on-line de ingressos foi restabelecida. "O Atlético informa que a venda de ingressos para o jogo contra o Emelec, pela Copa Libertadores, na próxima terça-feira, já foi normalizada", postou o clube nos perfis oficiais.

A venda de ingressos para o jogo contra o Emelec teve início na manhã desta quarta-feira (29). Clique AQUI para saber os detalhes da comercialização on-line.

De acordo com o Atlético, será permitida a venda de um ingresso adicional por sócio, com o mesmo desconto do ingresso do titular do plano. Para associados, os bilhetes custam a partir de R$ 63.
 

Maiores invencibilidades de visitantes na Libertadores



A venda on-line para o público em geral começa nesta sexta-feira, dia 1º de julho.

Já a venda presencial para o público em geral será a partir da segunda-feira (4/7), de 11h às 18h, no Labareda. No dia do jogo, das 13h às 20h, na bilheteria Norte do Mineirão. 

Após empate por 1 a 1 no jogo de ida, em Guayaquil, no Equador, o Galo precisa de uma vitória no Mineirão para avançar às quartas de final da Libertadores. Em caso de nova igualdade, a decisão ocorrerá nos pênaltis.



Compartilhe