UAI

2

Técnico do Juventude elogia Atlético e define estratégia para vencer duelo

Umberto Louzer falou sobre a possibilidade do Galo entrar com reservas e determinou como deve ser a atuação do seu time para vencer o confronto

Umberto Louzer falou sobre o duelo entre Juventude e Atlético
foto: Reprodução Canal do Juventude no YouTube

Umberto Louzer falou sobre o duelo entre Juventude e Atlético


Umberto Louzer elogiou o elenco do Atlético e disse que o rival estará muito bem representado neste sábado (2), às 16h30, no Estádio Alfredo Jaconi, mesmo se optar por poupar alguns jogadores. O técnico do Juventude ainda definiu que o seu time deve ter excelência no ataque e na defesa para vencer o Galo.
O treinador foi anunciado pelo time gaúcho há dez dias e, na sua estreia, o Ju empatou com o São Paulo por 0 a 0, em jogo realizado no último domingo (26), no Morumbi. 

Umberto Louzer entende que terá mais um duelo muito complicado pelo Brasileirão, desta vez contra o time mineiro. Segundo ele, os seus jogadores devem alcançar a excelência ofensiva e defensiva para vencer o Atlético.

"Ninguém vai ganhar de qualquer maneira, tem que ter um plano de jogo, uma estratégia de jogo. E que a gente tenha eficiência para cumprir com excelência, porque no nível de jogo contra o Atlético Mineiro, você tem que ter excelência para defender e excelência para atacar também, para que você consiga o resultado de vitória", pontuou o treinador. 

Louzer ainda foi perguntado sobre a possibilidade de enfrentar uma equipe mista, visto que o Atlético tem um importante confronto com o Emelec, pela Copa Libertadores da América, na próxima terça-feira (5), às 19h15, no Mineirão. O técnico não poupou elogios ao elenco atleticano e vê o rival forte independentemente da escalação inicial.

"Eu tenho certeza que independentemente de quem iniciar o jogo representando o Atlético Mineiro, o time estará muito bem representado pelo nível e a qualidade de todo o elenco. É um elenco grande com jogadores de nível de seleção, tanto brasileira quanto de outros países. Não é à toa que foi campeão no ano passado, mesmo sob outro comando. Jogou muito bem no ano passado. É uma equipe que tem um poderio ofensivo muito forte", concluiu Umberto Louzer. 
 

Coleção do Atlético em parceria com a Adidas

 

A situação do Juventude


O Juventude vive um péssimo momento. O time gaúcho é o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 11 pontos - em uma campanha com duas vitórias, cinco empates e sete derrotas.

Já são cinco jogos sem vitórias. Desde o triunfo diante do Fluminense, no dia 5 de junho, o Juventude perdeu quatro vezes e só voltou a somar um ponto no último domingo (26), quando empatou em 0 a 0 com o São Paulo no Morumbi.

Quase rebaixado no Campeonato Gaúcho, o Juventude também deu adeus à Copa do Brasil. Na terceira fase, a equipe gaúcha foi eliminada justamente pelo São Paulo.

A situação do Ju se torna ainda mais grave ao analisar o desempenho defensivo do time. O clube gaúcho foi o que sofreu mais gols no Brasileirão: 24.


Compartilhe