UAI

2

Pleno do STJD julgará recurso contra absolvição de Hulk, do Atlético

Atacante do Galo foi julgado no STJD por causa de um chute que acertou em William Farias, do Coritiba, mas foi absolvido de forma unânime

16/07/2022 16:49
compartilhe
Hulk e William Farias, protagonista em lance que será julgado pelo Pleno do STJD
foto: Pedro Souza/Atlético

Hulk e William Farias, protagonista em lance que será julgado pelo Pleno do STJD

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgará recurso contra absolvição do atacante Hulk, do Atlético. O julgamento do jogador do Galo será na próxima quinta-feira. 

Hulk foi julgado pelo STJD em 18 de maio em função de uma falta cometida em William Farias, do Coritiba. No empate por 2 a 2, em jogo válido pela 3ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o jogador do Galo acertou um chute no adversário ao tentar recuperar a bola. 

Hulk foi denunciado no STJD por agressão física e poderia receber entre quatro e 12 jogos de suspensão. Mas, por unanimidade, o atacante atleticano foi absolvido. 

"Em momento algum, pela intensidade e pela força do chute, tive intenção de agredi-lo. Quando o jogador sentiu a caneleira, ele não caiu de imediato. Não me recordo bem, mas acho que nem atendimento médico teve. Foi lance normal, teve árbitro de vídeo, que revisou o lance e não chamou o árbitro", disse Hulk durante o julgamento.

Atlético x Coritiba: veja fotos do jogo


Compartilhe