UAI

2

Cuca se declara ao Atlético: 'Não tinha como negar o clube que tanto amo'

Técnico interrompeu pausa na carreira para aceitar convite de comandar Atlético até o fim da temporada 2022; ele se mostrou otimista com projeto

23/07/2022 12:26 / atualizado em 23/07/2022 14:46
compartilhe
Cuca volta ao Atlético sete meses após deixar o clube
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca volta ao Atlético sete meses após deixar o clube

"Não tinha como, neste momento, eu negar os meus serviços ao clube que eu tanto amo". Foi assim que o técnico Cuca se declarou ao Atlético. O treinador gravou um vídeo, divulgado pelo Galo nas redes sociais, para falar do acerto. Ele foi anunciado neste sábado como novo comandante do Alvinegro. O vínculo vai até o fim deste ano.

Top 5: treinadores com mais jogos pelo Atlético





A ideia de Cuca era não trabalhar nesta temporada. O treinador deixou o clube alvinegro ao fim do ano passado após alegar problemas familiares. O comandante chegou a recusar ofertas de outras equipes, como Fluminense e Flamengo. Ele explicou o motivo de desistir da pausa para voltar ao Atlético.

"Olá pessoal, venho aqui fazer esse comunicado, desta vez de forma oficial, do meu retorno. Tive um chamado da diretoria. Momentaneamente, interrompo o meu projeto. De forma indireta, pretendo executá-lo. Mas não podia deixar de atender esse chamado da diretoria, da massa, e pude me unir novamente ao grupo de jogadores nessa empreitada difícil, mas com bastante otimismo. Que a gente possa atender os anseios de todos. Nossa história com Galo é uma história muito grande, muito bonita. Não tinha como, neste momento, eu negar os meus serviços ao clube que eu tanto amo. Um abração, vamos firmes mais uma vez", disse Cuca. 



Cuca assume a equipe no momento mais conturbado da temporada e para a vaga de Antonio 'El Turco' Mohamed, demitido nessa sexta-feira. O time vem de desempenhos ruins no Campeonato Brasileiro e de eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil.

O treinador de 59 anos comandou o Atlético em uma temporada histórica no ano passado. Sob seu comando, o clube conquistou o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. 

Anunciado em março desde ano para suceder o argentino Jorge Sampaoli, o treinador paranaense atingiu ao fim da temporada 74,17% de rendimento. Foram 48 vitórias, 14 empates e apenas 9 derrotas em 71 apresentações. Além da Tríplice Coroa ou Tríplice Alvinegro, o clube foi semifinalista da Libertadores.

Cuca deixou o Galo apontado por muitos como o maior treinador da história do clube. Além dos três títulos nesta segunda passagem, na primeira, entre 2011 e 2013, ele foi bicampeão mineiro e campeão da Copa Libertadores. 

Entre 2011 e 2013, Cuca teve aproveitamento geral de 59,7% em 153 partidas, com 80 vitórias, 34 empates e 39 derrotas.

Ao todo, nessas duas trajetórias de sucesso, Cuca comandou o Atlético em 224 partidas, com 128 vitórias, 48 empates e 48 derrotas. Conquistou 64,2% dos pontos.

O treinador deverá reassumir o comando da equipe apenas na partida contra o Internacional, no domingo (31), às 16h, no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Neste domingo, às 18h, o Atlético enfrentará o Corinthians no Mineirão, pela 19ª rodada do Brasileirão. O comandante do Galo será o auxiliar técnico Lucas Gonçalves. O time está na terceira posição, com 32 pontos - quatro a menos que o líder Palmeiras.

Momentos de Antonio Mohamed no Atlético



Compartilhe