Cruzeiro

SÉRIE B

Ponte Preta vence Goiás e empurra Cruzeiro para a vice-lanterna da Série B

Resultado é importante para a Ponte, que deixa o Z4 provisoriamente

postado em 23/07/2021 22:22 / atualizado em 23/07/2021 23:07

(Foto: Álvaro Jr./Ponte Preta)
Pela primeira vez a Ponte Preta deixou a zona de rebaixamento nesta Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, o time campineiro venceu o Goiás, por 2 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 14ª rodada. Todos os gols da partida aconteceram no segundo tempo.

O resultado é extremamente importante para a Ponte Preta, que tinha apenas uma vitória em 13 jogos e acumulava cinco sem vencer na competição. O time agora chegou aos 12 pontos e assumiu a 16ª posição, precisando torcer ainda no decorrer da rodada contra Brasil de Pelotas-RS (que saiu da 17º para 18º) e Cruzeiro (18º para 19º) para seguir fora da zona da degola.

Esta partida também foi a de número 200 do técnico Gilson Kleina na Ponte Preta. Ele que acabou sendo expulso na última rodada, contra o Vitória, em Salvador, e precisou dirigir o time das arquibancadas. Seu auxiliar Fabinho Xhá ficou na beira do gramado.

Já o Goiás, agora sob o comando de Marcelo Cabo - substituiu Pintado - viu acabar uma série de três jogos sem derrota e caiu para o quarto lugar, com 23 pontos. E pode ser ultrapassado pelo Avaí (5.º), que jogará no domingo.

Mesmo fora de casa, o Goiás esboçou pressão e tentou abrir o placar logo nos primeiros minutos. Aos dois, Dieguinho cruzou rasteiro pelo lado direito, a bola passou por toda extensão da área e caiu nos pés de Artur, que finalizou de primeira, mas para fora. Não demorou e aos quatro minutos o time goiano criou nova oportunidade, quando Nicolas recebeu na entrada da área e chutou para boa defesa com os pés do goleiro Ivan.

Aos poucos a Ponte Preta conseguiu equilibrar as ações em campo, mas só conseguiu assustar o Goiás aos 32 minutos, quando o lateral-direito Felipe Albuquerque chutou cruzado e a bola passou rente à trave do goleiro Tadeu.

No segundo tempo a partida ganhou mais intensidade e consequentemente os gols saíram. Logo aos cinco minutos, Moisés aproveitou falha da defesa goiana e cruzou para Rodrigão completar para as redes. Só que a alegria da Ponte Preta acabou rápido. No minuto seguinte, Artur cruzou da esquerda, Alef Manga finalizou de primeira e deixou tudo igual.

Mesmo pressionada, a Ponte Preta foi para cima e chegou ao gol da vitória. Aos 18 minutos, a arbitragem viu toque de mão do zagueiro do Goiás, David Duarte, dentro da área. Camilo foi para a cobrança aos 20, deslocou o goleiro e fez, dando números finais ao confronto.

O gol desestabilizou o Goiás, que não esperava ficar atrás no placar diante da ex-lanterna da competição. O time paulista se defendeu bem e segurou a vitória, muito comemorada por todos os jogadores.

A Ponte Preta volta a campo somente na segunda-feira, dia 2 de agosto, quando visitará o CRB, às 20 horas, no Rei Pelé, em Maceió (AL). O Goiás enfrentará o Operário na sexta-feira, dia 30, às 19 horas, no Serrinha, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 2 x 1 GOIÁS

PONTE PRETA - Ivan; Ednei (Richard), Fábio Sanches e Cleylton; Felipe Albuquerque, André Luiz, Vini Locatelli (Lucas Cândido), Fessin (Camilo) e Rafael Santos (Ruan Renato); Moisés e Rodrigão. Técnico: Gilson Kleina.

GOIÁS - Tadeu; Dieguinho, David Duarte, Reynaldo e Artur; Breno (Dadá Belmonte), Rezende (Miguel Figueira), Caio Vinícius (Albano) e Elvis; Alef Manga e Nicolas (Bruno Mezenga). Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS - Rodrigão, aos 5, Alef Manga, aos 6, e Camilo aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Breno (Goiás).

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (SC).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Tags: serie b cruzeiroec futnacional goiasgo pontepretasp