Cruzeiro

LUTO

Morre o ex-técnico Marão, personagem do futebol mineiro nas décadas de 50 e 60

Mário Celso de Abreu residia no bairro Floresta, em BH, e faleceu de causas naturais

postado em 28/09/2013 20:28 / atualizado em 29/09/2013 12:13

Arquivo EM
Morreu, na tarde deste sábado, o ex-técnico Mário Celso de Abreu, o Marão, um dos maiores nomes da história do futebol mineiro. Seu falecimento foi em decorrência de causas naturais.

Marão ficou conhecido nas décadas de 50 e 60, quando treinou o América e a Seleção Mineira de Futebol, campeã brasileira de 1963 após vitória sobre a Seleção do Rio de Janeiro, por 2 a 1.

O time comandado por Marão era formado por Marcial, Massinha, William, Procópio e Geraldino; Hilton Chaves e Amauri Horta; Luís Carlos, Rossi, Marco Antônio e Ari.

Durante a carreira, ele ainda comandou Cruzeiro, Atlético, Democrata, Renascença, Sete de Setembro, Sport Recife, Usipa, Valério e Villa Nova.

Aos 91 anos de idade, Marão residia no bairro Floresta, região Leste de Belo Horizonte. Ele deixa a esposa Zenaide e as filhas Rossana e Fabrícia.

O velório do ex-técnico acontece neste domingo, na Capela 2, no Cemitério do Bonfim. O enterro será nesta tarde, às 17h.

Tags: cruzeiroec interiormg atleticomg americamg