Cruzeiro

CRUZEIRO

Cuca pede demissão do Cruzeiro e Joel Santana assume o comando da equipe

Novo treinador celeste será apresentado nesta segunda-feira, às 14h30, na Toca II

postado em 19/06/2011 15:30 / atualizado em 04/05/2016 15:34

Jorge Gontijo/EM/D.A Press
Apenas três pontos conquistados dos 15 colocados em disputa e um aproveitamento de 20% no Campeonato Brasileiro, após cinco rodadas. Com esse contexto, o técnico Cuca não resistiu à pressão e pediu demissão do Cruzeiro neste domingo. O clube celeste agiu rápido e já anunciou o substituto: Joel Santana, que chega a Belo Horizonte nesta segunda-feira para assumir o cargo.

O empate diante do América, por 1 a 1, no clássico desse sábado, na Arena do Jacaré, pôs um fim a era de Alexi Stival, o Cuca, na Toca da Raposa II. A decisão partiu do técnico. Segundo o diretor de futebol do clube, Dimas Fonseca, o agora ex-comandante estrelado colocou o cargo à disposição na madrugada deste domingo, após o retorno da delegação de Sete Lagoas. Ele foi convencido a pensar mais um pouco, mas manteve a decisão na manhã deste domingo, numa reunião com a diretoria.

Histórico azul

Apresentado pelo clube no dia 9 de junho do ano passado, Cuca pegou o time em 11º lugar na classificação do Brasileirão e levou a Raposa ao vice-campeonato.

No total, o treinador dirigiu a equipe em 60 partidas. Nesses compromissos, somou 37 vitórias, 11 empates e 12 derrotas. Foram 119 gols marcados e 52 sofridos.

Com o time da Toca, Cuca foi campeão mineiro em 2011 e amealhou a melhor campanha da fase de grupos da Copa Libertadores, sendo eliminado depois pelo Once Caldas, nas oitavas de final.

Depois da eliminação precoce na competição continental, o time azul entrou numa descendente no Brasileiro: foram três empates caseiros por 1 a 1 (Palmeiras, Santos e América) e duas derrotas fora de casa, para Figueirense (1 a 0) e Fluminense (2 a 1).

VEJA GALERIA DE FOTOS DOS PRINCIPAIS MOMENTOS DE CUCA NO CRUZEIRO

Novo técnico


Fabio Castro Agif/AE

Na tarde deste domingo, o Cruzeiro confirmou que Joel Santana será o comandante estrelado até o dia 31 dezembro. Ele será apresentado oficialmente na tarde desta segunda-feira, na Toca II, às 14 horas. No próximo sábado, Joel já dirigirá o time diante do Coritiba, na Arena do Jacaré, pela sexta rodada do Brasileiro.

Joel Natalino Santana

Data de nascimento:
25/12/1948
Naturalidade: Rio de Janeiro-RJ

Carreira como treinador:

Al Wasl, dos Emirados Árabes (1981-1986), Vasco-RJ (1986-1987), Al Hilal, da Arábia Saudita (1987-1990), América-RJ (1990), Al Nasr, da Arábia Saudita (1990-1992), Vasco-RJ (1992-1993), Bahia (1994), Fluminense (1995), Flamengo (1996), Botafogo (1997), Corinthians (1997), Flamengo (1998), Bahia (1999), Botafogo (2000), Vasco (2000-2001), Coritiba (2001), Vitória (2002-2003), Fluminense (2003), Guarani-SP (2004), Internacional (2004), Vasco (2004-2005), Brasiliense-DF (2005), Flamengo (2005), Vegalta Sendai, do Japão (2006), Fluminense (2007), Flamengo (2007-2008), seleção da África do Sul (2008-2009) e Botafogo (2010-2011).


Títulos como treinador:

Vasco: Campeonato Brasileiro (Copa João Havelange) e Copa Mercosul (2000), Campeonato Carioca (1992 e 1993), Taça Guanabara (1987 e 1992) e Taça Rio (1993 e 2001)

Bahia: Campeonato Baiano (1994 e 1999)

Fluminense: Campeonato Carioca e Taça Rio (1995)

Flamengo: Campeonato Carioca (1996 e 2008), Taça Guanabara (1996 e 2008) e Taça Rio (1996)

Vitória: Campeonato Baiano (2002 e 2003) e Copa do Nordeste (2003)

Botafogo: Campeonato Carioca (1997 e 2010), Taça Guanabara (1997 e 2010) e Taça Rio (1997 e 2010)