Cruzeiro

Emprestados

Preteridos Bernardo e Kieza são artilheiros e disputam a ponta nas Séries A e B

Bernardo é artilheiro do Vasco na temporada e vice-líder do Brasileirão; já Kieza é artilheiro isolado da Série B e está no G-4 com o Náutico

postado em 17/10/2011 17:10 / atualizado em 17/10/2011 18:14

FABIO CASTRO/AGIF/AE - André Nery/Agência Náutico

Parece ironia, mas em tempos de escassez de gols no Cruzeiro e ausência de tentos em cobranças de falta e pênalti, o clube celeste tem dois atletas brilhando em outros clubes das Séries A e B. O jovem meia Bernardo, preterido pelo Cruzeiro desde os tempos de Adílson Batista, é artilheiro do Vasco na temporada e xodó da torcida. Já o atacante Kieza é o goleador máximo da Série B do Brasileiro e está no G-4 com o Náutico.

Bernardo: de afastado no Cruzeiro a xodó no Vasco


Bernardo foi artilheiro e destaque da Copa São Paulo de 2009 pelo Cruzeiro, quando foi promovido à equipe profissional, com grande expectativa da imprensa e da torcida. Com Adílson Batista, o jovem atleta teve pouca sequência de jogos e, em 2010, depois de 15 partidas disputadas no ano – oito como titular – foi afastado pelo treinador. Na ocasião, outros cinco atletas foram afastados do elenco, entre eles o meia-atacante Dudu, negociado recentemente com o Dínamo de Kiev.

Após o afastamento, Bernardo foi emprestado ao Goiás, por onde teve uma passagem sem grande destaque. Em janeiro de 2011, foi cedido ao Vasco. Pelo clube carioca, Bernardo foi peça fundamental na conquista do título da Copa do Brasil e já é artilheiro da equipe na temporada, com 14 gols, ao lado de Diego Souza.

Dos tentos anotados por Bernardo no Vasco da Gama, dois foram de falta, três de pênalti, quatro de fora da área, quatro de dentro da área e um de cabeça. O atleta tem 50% dos direitos econômicos fixados em 1,5 milhão de euros e cabe ao Vasco pagar essa quantia ao Cruzeiro para ficar com o jogador em definitivo, ao fim do empréstimo, em dezembro deste ano.

Curiosamente, o atacante Thiaguinho, artilheiro e craque do Brasileiro Sub-20, também foi emprestado ao Goiás, no início do ano. Nesse caso, porém, o jogador sequer teve oportunidade como profissional com a camisa do Cruzeiro.

Kieza: alto investimento sem retorno

Para contratar o atacante Kieza, em 2010, o Cruzeiro desembolsou nada menos que R$ 2 milhões, por 50% dos direitos econômicos. Foi o 11º maior investimento da história do clube em um atleta – o maior foi Sorín, em 2000, por US$ 5,08 milhões.

Kieza chegou ao Cruzeiro em 19 de fevereiro e assinou contrato de quatro anos. A outra metade dos direitos econômicos pertence à empresa Ability, a mesma que é detentora de parte do passe do atacante Wellington Paulista.

No Cruzeiro, Kieza participou de cinco jogos, um como titular, e marcou dois gols (contra América-TO e Democrata-GV), no Mineiro, antes de ser emprestado à Ponte Preta, em agosto do ano passado. O contrato com o clube de Campinas seria até maio, mas o atacante foi devolvido ao Cruzeiro em dezembro.

Em janeiro deste ano, Kieza foi emprestado ao Náutico. Atualmente, o jogador é artilheiro isolado do Brasileirão da Série B, com 18 gols, três a mais que Ricardo Jesus, da Ponte Preta. Além disso, disputa a ponta da tabela e atualmente figura na 4ª colocação pelo clube pernambucano, dentro da zona de classificação à Série A.