Cruzeiro

Montillo diz que prefere ser meia, mas Celso Roth faz suspense sobre esquema

Treinador não confirma possibilidade de o Cruzeiro voltar a jogar com dois atacantes

postado em 08/06/2012 14:33 / atualizado em 08/06/2012 14:40

Rodrigo Clemente/Esp. EM/D.A Press
Na virada sobre o Botafogo, por 3 a 2, no Engenhão, o Cruzeiro reagiu depois de o técnico Celso Roth promover a estreia do atacante Fabinho, com Montillo de volta à armação de jogadas. Embora o jogador argentino tenha admitido que prefere atuar no meio-campo, o treinador cruzeirense fez suspense sobre a possibilidade de utilizar dois atacantes desde o início do jogo contra o Sport, neste domingo, às 18h30, em Varginha.

Celso Roth elogiou a estreia de Fabinho pelo Cruzeiro. No entanto, foi cauteloso ao comentar sobre titularidade. “Tudo na vida e, consequentemente, no futebol é assim. A gente vai dando a oportunidade e o jogador vai ganhando espaço. Isso que posso dizer por enquanto”, afirmou.

Escalado como segundo atacante diante do Botafogo, Montillo ressaltou que sua preferência é atuar como meia, como aconteceu na vitória no Engenhão. “Sempre joguei na meia. É um possibilidade que o treinador vinha utilizando, de atacante. Mas eu rendo mais como meia”, destacou.

Contra o Botafogo, Fabinho substituiu o meia Souza no intervalo. Inicialmente, Montillo atuava no ataque, ao lado de Wellington Paulista. Roth ressaltou que a utilização do jogador argentino como segundo atacante deixou a equipe com pouca “profundidade”. “O Montillo tem qualidade para jogar de atacante, mas não tem profundidade pelo fundo ou lados do campo. Com entrada do Fabinho, ele veio jogar na posição dele”, observou o técnico cruzeirense.

O Cruzeiro se reapresenta na tarde desta sexta-feira. Celso Roth comandará dois treinamentos antes do jogo contra o Sport, neste domingo, em Varginha. Com a virada sobre o Botafogo, o time celeste assumiu a oitava colocação do Campeonato Brasileiro.