Cruzeiro

MERCADO

Mattos desconversa sobre negócio com investidores pelo zagueiro Dória

Defensor é revelação do Botafogo e deve deixar o clube por uma alta quantia

postado em 26/05/2013 22:13 / atualizado em 26/05/2013 22:26

Divulgação/Botafogo
A tarde de domingo foi agitada nos bastidores do Cruzeiro. Um grupo de investidores estaria disposto a comprar o jovem zagueiro Dória, do Botafogo, de 18 anos, e colocá-lo no clube celeste. O time alvinegro detém 40% dos direitos do jogador e pede 7 milhões de euros pela revelação, para fazer caixa. O banco BMG, patrocinador do Cruzeiro, tem 20%. Os outros 40% pertencem a outra empresa.

O diretor de futebol Alexandre Mattos concedeu entrevista no Independência, após a partida contra o Goiás, e não negou nem confirmou o interesse em Dória. Político, Mattos teceu elogios ao zagueiro, mas avisou que o Cruzeiro não servirá de ponte para nenhum empresário que quiser usar a agremiação para vender o atleta para o exterior posteriormente.

”O Cruzeiro não é barriga de aluguel. Se o clube efetivar algum bom negócio, é porque é bom negócio para o Cruzeiro, como foi o Dedé, é para vir, fortalecer, jogar e, se um dia, a direção achar que tem que vender, a direção é que vai vender. Nenhum jogador vem para cá para ser barriga de aluguel, seja qual jogador for”, disse o diretor.

O Doria é bom jogador, não tenho dúvida, como outros. Como o Arouca, o Henrique e tantos outros que foram falados. Atualmente, a única negociação em andamento é do Souza, com o Palmeiras. Fora isso, estamos aberto a negócios, mas não existe nenhum no momento. Estamos buscando jogadores para vestir a camisa agora e no futuro. Nosso banco de reservas tem hoje média de 21, 22, 23 anos, estamos no caminho certo para o futuro”, completou.