Cruzeiro

MERCADO

Camisa 10 rende R$ 9 mi ao caixa

postado em 15/07/2013 08:00 / atualizado em 15/07/2013 08:53

O Cruzeiro enfrentou o Náutico, nesse domingo, no Mineirão, sem o armador Diego Souza. No início da tarde, o diretor de Futebol da Raposa, Alexandre Mattos, confirmou a transferência do jogador para o Metalist, da Ucrânia, em transferência que renderá aos cofres do clube celeste cerca de três milhões de euros (R$ 9 milhões), além do empréstimo do atacante Willian por um ano.

Ele tem 27 anos e é natural de Três Fronteiras, interior de São Paulo. Foi revelado pelo Guarani, passou por Atlético-PR, Villa Nova e Figueirense, antes de ir para o Corinthians, com o qual foi campeão brasileiro em 2011 e da Libertadores de 2012. No ano passado, o atacante foi negociado com o Metalist por cinco milhões de euros. Ele é representado por Eduardo Uran, mesmo empresário de Diego Souza, que deixa a Toca da Raposa pouco mais de seis meses depois de sua chegada.

Marcelo Oliveira preferiu não se estender muito quando questionado sobre a venda de Diego Souza. “A saída de jogadores independe da vontade do clube, do técnico ou da própria torcida. Futebol hoje é um negócio e, assim sendo, há um jogo de interesses. Não sou de lamentar muito. Temos jogadores no grupo de qualidades semelhantes. Se perdemos pela cadência do Diego, ganhamos pela movimentação, pela velocidade”, comentou, comparando o armador ao atacante, que deve chegar à Toca esta semana.

Contra o Náutico, Lucca foi o substituto de Diego Souza e agradou aos torcedores. Também foi elogiado pelo treinador. Mas Marcelo prefere não afirmar quem será o camisa 10 celeste. “Não tenho a preocupação de quem será o substituto do Diego. Vamos avaliar a produção dos jogadores em cada partida. Todos têm condições, inclusive o Willian. É um atleta muito profissional e moderno. Recompõe rapidamente, faz os dois lados do campo, tem habilidade e velocidade.”