Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro usa a cabeça, vira sobre a Chapecoense e supera meta de pontos do turno de 2013

Raposa está cada vez mais absoluta no Brasileiro e já supera meta do ano passado

postado em 30/08/2014 20:20 / atualizado em 30/08/2014 21:49

Luiz Martini /Superesportes

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press.

Detalhes decidem uma partida de futebol. E no Cruzeiro de 2014 os ingredientes decisivos se revezam entre o time titular e o reserva. Depois de terminar o primeiro tempo com derrota parcial para a Chapecoense, com a insistência em cruzamentos sem resultado, o time voltou de forma diferente, com Alisson no lugar de Willian, e as bolas pelo alto passaram a dar certo. Mérito para a mexida de Marcelo Oliveira e a eficiência do garoto da base.

A vitória por 4 a 2 neste sábado, no Mineirão, deixa o Cruzeiro com 42 pontos, dois a mais que o do turno de 2013, quando terminou com o título no fim do ano. A marca pode ser ampliada na 19ª rodada, contra o Fluminense, no Maracanã. A vantagem para o Internacional, atual segundo colocado, é de oito pontos. Se o São Paulo vencer o Figueirense, fora de casa, no domingo, a vantagem ficará em sete pontos.

O placar foi aberto no Gigante da Pampulha pelos catarinenses. Em chute de Dedé, a bola desviou em Zezinho e enganou Fábio. A virada celeste começou com Leo, que escorou cruzamento de Alisson. Leo e Moreno, duas vezes, também de cabeça, marcaram para o Cruzeiro. O jovem Alisson também deixou o seu, mas com o pé direito. Bruno Rangel ainda marcou para a Chapecoense.

 

Com os dois gols, Moreno chegou a 37 pelo clube e ultrapassou Montillo, se tornando o segundo estrangeiro com mais tentos pelo clube. Ele também é artilheiro do Brasileiro de 2014, com nove gols, ao lado de Ricardo Goulart. 

 

Primeiro tempo

A primeira chance do Cruzeiro veio com Everton Ribeiro, e terminou em escanteio a favor do clube. Na sequência, a ameaça veio em cabeçada de Dedé, mas a bola foi para fora. A resposta da Chapecoense também foi pelo alto, com cabeçada perigosa de Bruno Rangel.

{'id_site': 1, 'imagem_destaque': 'ns1/app/foto_126510467054/2014/08/30/5885/20140830193531268312i.JPG', 'id_content': 2888454L, 'url': 'https://www.mg.superesportes.com.br/app/fotos/futebol/cruzeiro/2014/08/30/galeria_cruzeiro,5885/imagens-da-partida-entre-cruzeiro-e-chapecoense.shtml', 'titulo_destaque': 'Imagens da partida entre Cruzeiro e Chapecoense', 'id_pk': 5885L, 'id_conteudo': 2888454L, 'id_aplicativo': 11, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'Imagens da partida entre Cruzeiro e Chapecoense', 'id_treeapp': 151, 'descricao_destaque': 'Cruzeiro enfrenta equipe catarinense no Mineir\xe3o', 'schema': 'foto_126510467054'}A equipe catarinense surpreendeu a Raposa aos 10 minutos. Num chute despretensioso do volante Dedé, a bola desviou em Zezinho e enganou o goleiro Fábio: 1 a 0.

A pressão celeste continuou em bolas alçadas na área. Em grande chute da intemediária, Moreno quase empata. O goleiro Danilo salvou a Chapecoense. Ricardo Goulart, de cabeça, também esteve perto de igualar o marcador no Mineirão.

Com mais de 15 bolas alçadas na área, o Cruzeiro insistiu nos cruzamentos. Com uma defesa de boa estatura, a Chapecoense conseguiu neutralizar a maioria das jogadas celestes.

Segundo tempo

O Cruzeiro conseguiu a igualdade na primeira bola que foi em direção ao gol no segundo tempo. No cruzamento de Alisson, Leo, de cabeça, deixou tudo igual no Gigante da Pampulha: 1 a 1. . No lance seguinte, a Raposa conquistou a virada. Mayke acertou na cabeça de Moreno, que fez o tento que colocou o time na frente do marcador: 2 a 1.

A equipe de Santa Catarina quase empatou com Zezinho, que também usou a cabeça. Pelo chão, Everton Ribeiro quase fez para o Cruzeiro, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A vantagem foi ampliada com Alisson, que fez o terceiro da Raposa. Ele aproveitou cruzamento de Mayke e ficou com a sobra: 3 a 1.

Depois do terceiro, o Cruzeiro diminuiu o ritmo e viu a Chapecoense marcar. Bruno Rangel recebeu de Tiago Luís e deslocou o goleiro Fábio: 3 a 2. A resposta azul foi imediata, com Marcelo Moreno, que cabeceou no contrapé do goleiro Danilo: 4 a 2.

Cruzeiro 4 x 2 Chapecoense

Cruzeiro
Fábio, Mayke, Dedé, Leo e Samudio; Henrique, Lucas Silva (Nilton), Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Alisson) e Marcelo Moreno (Dagoberto)
Técnico: Marcelo Oliveira

Chapecoense
Danilo; Edinei, Rafael Lima, Jaílton e Neuton; Wanderson, Abuda (Jones), Dedé (Tiago Luís), Camilo (Ricardo Conceição) e Zezinho; Bruno Rangel
Técnico: Celso Rodrigues

Gols: Zezinho, aos 10 minutos (Primeiro tempo) – Leo, aos 4 minutos; Marcelo Moreno, aos 6 minutos; Alisson, aos 13 minutos; Bruno Rangel,aos 26 minutos e Marcelo Moreno, aos 28 minutos; (Segundo tempo)

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: Sábado, 30 de agosto, às 18h30

Árbitro:
Dewson Fernando Freitas da Silva- PA
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas-DF e Heronildo Freitas da Silva-PA

Amarelos: Edinei, Abuda e Zezinho (Chapecoense); Henrique, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Lucas Silva (Cruzeiro)
Vermelhos:

Pagantes: 26.682
Renda: R$ 1.203.320,00

Tags: chapecoense meta lideranca cruzeiro seriea