Cruzeiro

CRUZEIRO

Alexandre Mattos indica saída do Cruzeiro: 'Às vezes tem que tentar algo num lugar diferente'

Declaração de dirigente celeste sinaliza que mudança para o Palmeiras deve ocorrer

postado em 07/12/2014 16:28 / atualizado em 07/12/2014 18:15

Redação /Superesportes

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press
Foram muitos os pedidos de “fica Alexandre Mattos”. Jogadores postaram mensagens nas redes sociais e torcedores entoaram o coro. O dirigente se mostrou emocionado, declarou amor ao clube, mas indicou que não deve ficar em 2015. Em entrevista transmitida pela Rádio Globo, ele foi direto ao ponto.

“Às vezes a gente encerra um ciclo e tem que tentar algo diferente num lugar diferente”, disse Mattos, na chegada ao Mineirão para acompanhar Cruzeiro x Fluminense, jogo das faixas e da entrega da taça de campeão brasileiro de 2014.

Mattos ocupa o cargo de diretor de futebol do Cruzeiro há dois anos e nove meses. Mas por conta das negativas do presidente Gilvan de Pinho Tavares em atender alguns pedidos, o manager do clube estaria disposto buscar novos ares. O Palmeiras será o provável destino.

Na “gestão Mattos", o Cruzeiro contratou 40 jogadores. Ele fechou quatro das cinco aquisições mais caras da história do clube: o zagueiro Dedé (R$ 14 milhões), o atacante Willian (R$ 10,5 milhões), o zagueiro Manoel (R$ 7,5 milhões) e o atacante Dagoberto (R$ 7 milhões). A contratação de Sorín, em 2000, por R$ 9,4 milhões, integra o top5.

Nesse período, a Raposa faturou os Campeonatos Brasileiros de 2013 e 2014 e o Campeonato Mineiro de 2014. Na última sexta-feira, Alexandre Mattos se despediu de jogadores e funcionários do clube em confraternização na Toca da Raposa II.

Tags: seriea despedida saída torcida clube jogadores diretor dirigente cruzeiro crut Alexandre Mattos