Cruzeiro

CRUZEIRO

Ambiente de trabalho de Paulo Bento: veja semelhanças entre CTs de Sporting e Cruzeiro

Técnico aprova novo local de trabalho e o compara às instalações de antigo clube

postado em 17/05/2016 09:02 / atualizado em 17/05/2016 16:33

Divulgação

Paulo Bento dedicou o tempo integral dessa segunda-feira ao Cruzeiro. Já pela manhã, chegou à Toca da Raposa II para conhecer de perto as instalações. Ficou encantado com a estrutura. À tarde, bate-papo com os jogadores do grupo e entrevista coletiva para a imprensa. Já à noite, mais reuniões com integrantes da comissão, ainda na Toca II. Tanto o contato com os jogadores do elenco quanto o ambiente de trabalho do português de 46 anos foram assuntos em sua primeira declaração como técnico do clube.

“Foi uma análise da parte técnica, tática, daquilo que vimos. Esses dias têm sido de recolha de informação, e aqui quero deixar agradecimento à estrutura do clube, pela contribuição que nos tem dado para iniciar amanhã nossas ações de treino da melhor maneira possível. A partir daqui é que vamos começar a conhecer melhor os jogadores, pelo contato, pelos treinos, porque passaremos a interagir com eles. O conhecimento agora será mais abrangente”, disse Bento, que trabalhou no Sporting e na Seleção de Portugal antes de vir para o Brasil.

Há semelhanças entre os locais de treinamento de Sporting e Cruzeiro. O Centro de Futebol do Sporting Clube de Portugal fica na pequena cidade de Alcochete, de 17 mil habitantes, a 33 quilômetros de Lisboa. Já a Toca II situa-se no Bairro Trevo, Região da Pampulha, a 18 quilômetros do Centro de Belo Horizonte. Ou seja, os dois locais são relativamente distantes das grandes urbanizações.

Outro ponto em comum entre o ex-clube e a atual equipe de Paulo Bento é a estrutura. A Academia Sporting tem seis campos, sendo três em tamanho acima dos padrões da Fifa (110x70m) e três de grama sintética e dimensões menores (90x70m). A Toca da Raposa, por sua vez, possui quatro campos (dois em medidas oficiais: 105x68m). A diferença é que a “casa” leonina abrange tanto o time profissional quanto a base, enquanto as instalações celestes comportam apenas o grupo principal e a equipe sub-20. As categorias sub-17, sub-15 e sub-14 do Cruzeiro treinam na Toca da Raposa I, que também dispõe de estrutura moderna para atender as jovens promessas.

Com relação à parte hoteleira, o CT do Sporting leva vantagem justamente por abrigar toda a estrutura de futebol: são 91 quartos. Já um dos edifícios da Toca II conta com 26 apartamentos. Os dois espaços têm piscina térmica, academia, departamento médico, escritórios, quadra poliesportiva, refeitórios, salas de cinema, escritórios administrativos, salão de jogos, etc. Paulo Bento comentou as semelhanças. “Em comparação ao Sporting, é algo parecido na dimensão, na qualidade de campos para treinar, o edifício com algumas coisas similares”.

Bento também chamou a atenção para o fato de a Seleção Portuguesa ser “nômade” no tempo em que atuou sob seu comando. “Em relação à seleção, é impossível comparar, porque no tempo em que estive lá, a seleção não tinha espaço próprio onde ficar, andava a treinar e a fazer sua concentração em vários lugares”.

Centro de Futebol do Sporting Clube de Portugal

- Área: 120 mil metros quadrados;
- três campos de grama natural: 110x70m (um com arquibancada para mil espectadores);
- três campos de grama sintética: 90x70m;
- Piscina;
- Quadra poliesportiva;
- Academia;
- Departamento médico;
- Hotel com 91 apartamentos;
- Refeitórios;
- Salão de jogos;
- Auditório com 70 lugares;
- Sala de imprensa;
- Escritórios administrativos;


Toca da Raposa II

- Área: 83 mil metros quadrados
- Quatro campos de grama natural;
- Piscina térmica;
- Quadra poliesportiva;
- Academia;
- Departamento médico;
- Solarium;
- Refeitórios;
- Hotel com 26 apartamentos
- Salão de jogos;
- Sala de cinema;
- Sala de imprensa
- Escritórios administrativos;

Vídeo da Seleção Chilena sobre a Toca da Raposa II




Imagens do centro de Futebol do Sporting Clube de Portugal


Tags: sporting cruzeiro estrutura seriea interiormg futnacional Paulo Bento