Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Cruzeiro impõe condições a parceiros para fechar transferência de Bruno Viana ao Olympiacos

Olympiacos, da Grécia, ofereceu 2 milhões de euros pelo zagueiro do clube celeste

postado em 29/08/2016 15:21 / atualizado em 29/08/2016 16:19

Ligth Press

Depois de receber oferta de 2 milhões de euros (R$ 7,3 milhões) do Olympiacos, da Grécia, por 80% do zagueiro Bruno Viana, o Cruzeiro articulou os parceiros detentores de parte dos direitos econômicos do jovem para impor uma condição à transferência: o clube exige ficar com pelo menos 50% do valor da negociação e seguir com direitos para faturar em futuras negociações, conforme apurou o Superesportes. As tratativas estão bem adiantadas e o clube, agora, tenta junto ao clube grego que a proposta financeira siga a mesma, mas por 70% dos direitos.

A divisão dos direitos de Bruno é mantida em sigilo. Além do Cruzeiro, o zagueiro está "fatiado" e tem percentuais ligados ao empresário que o representa, Jorge Machado; ao PSTC, clube do Paraná responsável por sua formação, e ao agente mineiro responsável por apresentá-lo ao clube celeste. Em março do ano passado, em sondagem, o Hoffenheim, da Alemanha, já havia demonstrado interesse em levar o defensor da Toca da Raposa.

O fato é que o Cruzeiro tem percentual inferior a 50%, mas exige a metade do montante da negociação neste momento. Futuramente, a intenção é ganhar com a revenda do atleta. Por isso, quer seguir com 20% ou 30% dos direitos.

Enquanto não houver acordo pela venda de Viana, o Cruzeiro não se manifestará sobre composição dos direitos.

Quando negociou Lucas Silva com o Real Madrid, o Cruzeiro detinha apenas 10% dos direitos do volante, mas também exigiu ficar com 50% do valor total da transferência, que foi de 13 milhões de euros.

Perfil europeu desejado por Paulo Bento

EM/D.A. Press
Ex-técnico do Cruzeiro, o Paulo Bento foi o responsável por indicar a contratação de Bruno Viana ao Olympiacos, da Grécia. Enquanto esteve em Belo Horizonte, o português sempre rasgou elogios ao jovem, afirmando nos bastidores que Bruno era o único zagueiro do elenco com ‘perfil para atuar na Europa’.

Bruno Viana fez 20 partidas pelo Cruzeiro nesta temporada. A primeira chance veio em amistoso contra o Rio Branco-ES, em janeiro. Depois, recebeu oportunidades com o técnico Deivid em jogos da Primeira Liga, do Campeonato Mineiro e da Copa do Brasil. Com a chegada de Paulo Bento, Viana conquistou a condição de titular no Cruzeiro. Dedé e Manoel, os principais defensores do elenco, estavam com problemas físicos e não tinham condição de jogo.

Com a saída do técnico português, Bruno Viana perdeu espaço na Toca da Raposa. Substituto de Bento, Mano Menezes preferiu colocar em campo jogadores mais experientes, casos de Manoel e Bruno Rodrigo.

No clube celeste desde 2010, Viana esteve por cinco anos na Toquinha até ser promovido ao grupo principal no segundo semestre do ano passado. O zagueiro é natural de Macaé, no Rio de Janeiro.

Bruno Viana em 2016

Jogos (1751 minutos em campo)

Campeonato Brasileiro – 13
Copa do Brasil – 4
Campeonato Mineiro – 2
Primeira Liga – 1

Tags: mercado venda negociação cruzeiro mercadobola seriea Bruno Viana