Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro 2 x 1 Fluminense: Mano explica bate-boca com Marcelo Oliveira no Mineirão

Discussão ocorreu no segundo tempo, depois de Cruzeiro marcar segundo

postado em 26/08/2018 01:54 / atualizado em 26/08/2018 02:00

Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press
Os minutos finais do duelo entre Cruzeiro e Fluminense, nesse sábado, no Mineirão, reservaram uma discussão entre os técnicos Mano Menezes e Marcelo Oliveira na área técnica. Parte do bate-boca foi flagrado pelas imagens de televisão quando o placar já apontada a vitória cruzeirense por 2 a 1.

Passado o calor do jogo, Mano explicou as razões do estranhamento com Oliveira na beira do campo. Segundo ele, logo depois de Raniel abrir o placar para o Cruzeiro, no primeiro tempo, o comandante tricolor pediu aos gandulas que acelerassem a reposição de bolas. Em seguida, com o empate, graças ao gol contra de Henrique, o Fluminense abusou da lentidão e de paralisações para fazer o tempo passar. A conhecida cera teria entrado em cena.

Já na etapa final, quando o Cruzeiro voltou à frente do placar, Mano não resistiu e provocou Marcelo Oliveira sobre o anti-jogo do Fluminense. ”É que, quando nós fizemos o gol, o Marcelo quis acelerar, pedindo para o gandula acelerar a bola. Aí (depois do 2 a 1) pedi para o goleiro dele cair. Foi exatamente isso que eu falei, aí ficamos... Mas é coisa do jogo. Você está envolvido. Eu sei que nem foi ele que mandou o goleiro cair (quando o Flu empatou). Provavelmente. Nem é do estilo do Marcelo. Mas a gente está envolvido aí, vale muita coisa. Dentro do respeito que a gente tem um pelo outro, eu quero ganhar aqui pelo Cruzeiro, assim como ele queria ganhar antes pelo Cruzeiro. Hoje, ele quer ganhar pelo Fluminense”.

Marcelo Oliveira assumiu o Fluminense durante a Copa do Mundo da Rússia e faz bom trabalho. Em 11 jogos, sofreu apenas três derrotas, a última nesse sábado, para o Cruzeiro, no Mineirão. Ele ainda conseguiu cinco vitórias e três empates à frente do Tricolor das Laranjeiras. Na Copa Sul-Americana, o time eliminou o Defensor Sporting do Uruguai e avançou às oitavas de final para enfrentar o Deportivo Cuenca, do Equador. No Brasileiro, os cariocas estão na nona colocação, com 26 pontos. 

Mineiro de Pedro Leopoldo, Marcelo conquistou o bicampeonato brasileiro pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014, e o Campeonato Mineiro de 2014. Ele ainda foi vice-campeão da Copa do Brasil de 2014. 

Tags: mano menezes marcelo oliveira fluminenserj fluminrnse cruzeiroec cruzeiro seriea discussão bate-boca