Cruzeiro

MERCADO DA BOLA

Cruzeiro cita multa de R$330 milhões e nega pressão de investidores para negociar Dedé com Flamengo

Dedé tem contrato com o Cruzeiro até 31 de dezembro de 2021

postado em 02/01/2019 16:57 / atualizado em 02/01/2019 17:23

<i>(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)</i>
O Cruzeiro emitiu uma nota oficial nesta quarta-feira para negar que venha sofrendo pressão de investidores donos de parte dos direitos econômicos de Dedé para negociar o defensor com o Flamengo na atual janela de transferências. O clube é detentor dos direitos federativos do atleta, com quem tem vínculo até 31 de dezembro de 2021.

No comunicado, o Cruzeiro informou que Dedé se reapresentará na Toca da Raposa II normalmente nesta quinta-feira à tarde, juntamente com o elenco celeste. O clube ainda esclareceu que recebeu sondagem do Flamengo há cerca de 15 dias, mas informou aos cariocas que não negociaria o zagueiro de 30 anos, cuja multa atual é de R$ 330 milhões para interessados do Brasil e do exterior.

O posicionamento do Cruzeiro se deveu a uma notícia publicada pelo portal Globo Esporte, garantindo que o Flamengo oferecerá R$ 30 milhões por Dedé e conta com o aval dos investidores para fechar o negócio. No título, a reportagem sugere “pressão” dos investidores ao clube mineiro para aceitar a suposta oferta rubro-negra.

Quando foi comprado pelo Cruzeiro, em 2013, Dedé teve os direitos econômicos fatiados entre quatro parceiros: D.I.S Esportes e Organização de Eventos Ltda – 51,91%; GT Sports Assessoria Esportiva Ltda – 6,5%; Marcus Vinicius Sanchez Secundino – 30,5%; e Giscard Salton – 11,09%. Como o clube não precisou tirar dinheiro de seu cofre à época para tirar o defensor do Vasco, teria direito a 20% de taxa de vitrine em uma possível transferência.

Em sua nota, o Cruzeiro garante ter autonomia total para decidir o futuro de Dedé, uma vez que uma circular da Fifa, de 1º de maio de 2015, veta a participação de terceiros nos direitos econômicos dos atletas de futebol. 

A SEGUIR, A NOTA OFICIAL DO CRUZEIRO SOBRE O FUTURO DE DEDÉ

”Em razão das inúmeras matérias veiculadas em sites esportivos, o Cruzeiro Esporte Clube vem a público dar uma resposta à sua imensa torcida sobre a situação de Dedé. O zagueiro, que tem contrato até o dia 31 de dezembro de 2021, se reapresenta nesta quinta-feira, na Toca da Raposa 2, para início da pré-temporada do Clube.

Ao contrário de notícia veiculada pelo site globoesporte.com, não há nenhuma negociação em andamento envolvendo a transferência do jogador. Há cerca de 15 dias, o Cruzeiro informou ao Flamengo que não tem interesse em negociar o defensor, que teve sua multa contratual reajustada para R$330 milhões para transferência nacional e internacional.

O Clube esclarece ainda que não vem recebendo pressão de investidores para a liberação do atleta, uma vez que a FIFA, por meio da Circular no. 1464, inseriu no Regulation on The Status and Transfer of Players (RSTP) de 2015 o artigo 18ter, vetando, a partir de 1 de maio de 2015, a participação de terceiros nos direitos econômicos dos atletas de futebol. A entidade máxima do futebol não mais reconhece esta participação em contratos renovados após essa data, como é o caso de Dedé.

GRUPO SONDA SE MANIFESTA

O Grupo Dis Esportes, dono de 51,91% dos direitos econômicos de Dedé e liderado pelo empresário Delcir Sonda, também se manifestou e negou pressões ao Cruzeiro para negociar Dedé. A empresa diz estar alinhada com o desejo do atleta. “Nos últimos dias, foram veiculadas algumas informações afirmando que o Grupo DIS, um dos detentores dos direitos do Dedé, estaria pressionando o Cruzeiro para que vendesse o jogador. Por isso resolvemos vir a público negar veementemente essa informação. Em nenhum momento tivemos contato com a diretoria do clube. O Dedé possui contrato com o Cruzeiro, e o Grupo DIS está completamente alinhado com a vontade do jogador e seu empresário, Magrão. Como investidores, a venda seria de nosso interesse, mas o desejo do atleta está acima de tudo”.

ABEL BRAGA AINDA SONHA

Nesta quarta-feira, durante sua apresentação oficial ao Flamengo, o técnico Abel Braga confirmou que “adoraria” ter Dedé em seu elenco este ano. O comandante afirmou que a diretoria está trabalhando para fechar essa contratatação. “Nunca caiu tão bem em um jogador um chavãozinho, um apelido: mito. O Dedé dispensa comentários. Qualquer treinador do Brasil que você perguntar, se fizer uma enquete, você terá uma totalidade, 100% de ‘Sim. Eu quero. Adoraria tê-lo em minha equipe’. É unanimidade nacional. A gente sabe que se o Flamengo está tentando é por que está pensando grande. E é assim que a gente quer. Para o Flamengo tudo é sempre mais complicado, mais difícil”.

ÍDOLO CRUZEIRENSE

Desde é um dos grandes ídolos da torcida do Cruzeiro na atualidade. No currículo, tem 143 jogos pelo clube, 12 gols e seis conquistas, sendo três bicampeonatos: os Campeonatos Brasileiros de 2013 e 2014, da Copa do Brasil em 2017 e 2018 e do Mineiro, em 2014 e 2018.

Tags: mercadobola interiormg cruzeiro flamengo flamengorj cruzeiroec