Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro divulga que patrocinador máster será um banco digital

Faturamento será por meio de lucro com abertura de contas

postado em 05/02/2019 00:38 / atualizado em 05/02/2019 14:57

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Em participação no programa Jogo Sagrado, da Fox Sports, na noite desta segunda-feira, a diretoria do Cruzeiro deu detalhes sobre a negociação com o novo patrocinador máster para a camisa. O clube mineiro divulgou que negocia com um banco digital e que o acerto poderá ocorrer em um prazo de dez dias.
 
A diretoria celeste informou que a parceria será nos mesmos moldes do acordo entre o BMG e o Corinthians. Assim, como foi acertado entre o banco e o Timão, o lucro e o valor do patrocínio máster virão por meio da participação da própria torcida com a abertura de contas digitais da instituição em aplicativos para celulares, tablets e outros meios de acesso à internet.
 
Em entrevista à Rádio Itatiaia no fim de semana, o diretor geral do Cruzeiro, Sérgio Nonato, disse que o clube terá o maior patrocínio máster do futebol brasileiro. Ele garantiu que as negociações estão avançadas, “99% acertadas”, e que o acordo poderá bater R$86 milhões ao fim da temporada. O dirigente ainda afirmou que esse é valor que a Crefisa paga ao Palmeiras atualmente. O acordo da empresa com o clube paulista seria o maior do país.

“Estamos negociando. É negócio maior, muito grande, maior patrocínio da história do Cruzeiro e deve ser ao final do ano o clube que mais vai arrecadar com patrocinador máster no Brasil. A Crefisa pode chegar a R$ 86 milhões, mas o Cruzeiro pode bater R$ 86 milhões também. Em termos que serão divulgados na semana que vem, ou no mais tarde na semana seguinte”, afirmou Sérgio Nonato na entrevista à Rádio Itatiaia. Ele confirmou apenas que a empresa é da área financeira. 

No dia 14 de janeiro, o Superesportes informou que o Banco Renner, com sede no Rio Grande do Sul, tinha negociações adiantadas com o Cruzeiro para substituir a Caixa Econômica Federal. As ações da instituição financeira são divididas entre a família Renner (51%), que também tem empresas no ramo de tintas e de vestuário, e o Grupo Record (49%), de propriedade do empresário Edir Macedo. Especialista nos serviços de crédito consignado e financiamento de veículos, o Banco Renner lançou o produto Soudigimais, conta digital que permite investimentos em renda fixa a partir de R$ 1 mil. Essa é uma possível marca a ser estampada no uniforme da Raposa

Tags: patrocinador máster banco digital cruzeiro banco contas diretoria torcida