Cruzeiro

CRUZEIRO

Leo lamenta mortes no Rio e novo susto com barragens em Minas: 'Que a gente supere tudo isso'

'Desejo muita força e muita paz', disse o zagueiro do Cruzeiro

postado em 08/02/2019 10:03 / atualizado em 09/02/2019 09:32

Vinnicius Silva/Cruzeiro

O zagueiro Leo, do Cruzeiro, lamentou as mortes de dez garotos da categoria de base do Flamengo em decorrência de um incêndio no CT Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira. Outros três adolescentes ficaram feridos e foram encaminhados para um hospital da capital fluminense.

"Ficamos sabendo desta notícia agora pela manhã. Notícia triste, que acaba sendo próximo porque a
gente passa pela base, ficamos em alojamento, vários tipos de alojamento. São situações muito complicadas", disse o defensor.

Leo também comentou a aflição de moradores das cidades mineiras de Barão de Cocais e Itatiaiuçu durante a madrugada.

Cerca de 500 pessoas de três comunidades de Barão de Cocais, na Região Central de Minas, tiveram que deixar suas casas na madrugada desta sexta-feira por conta de um alerta na barragem Sul Superior da mina Gongo Soco, da Vale. Segundo a mineradora, responsável pela barragem que se rompeu em Brumadinho, na Grande BH, a decisão é preventiva e ocorreu após a consultoria Walm negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura.

A sexta também começou com alerta de risco por conta de uma barragem da ArcelorMittal em Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Pelo menos 50 pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas na comunidade de Pinheiros.

O zagueiro Leo desejou força aos moradores dessas cidades. "Além dessa notícia do alojamento, as sirenes em outras barragens em Barão de Cocais e Itatiaiuçu. São notícias ruins que nos envolvem, essa enchente também no Rio, a gente tem que ter fé, amor, esperança. Que a gente consiga superar tudo isso, as pessoas envolvidas, as pessoas que passaram por esses momentos, desejo muita força, muita paz e solidariedade, e que Deus possa confortar o coração de cada familiar, de cada pessoa envolvida, a gente sabe da dificuldade, que a gente possa ajudar com uma palavra de motivação e apoio", afirmou o zagueiro.


Dodô também lamenta mortes

 

O lateral-esquerdo Dodô também lamentou o ocorrido no Rio de Janeiro. Ele utilizou as redes sociais e classificou a tragédia como devastadora, "Notícia devastadora. Ainda mais para nós do mundo do futebol, que por anos vivemos em alojamentos como o do Flamengo, deixando tudo para trás em busca desse sonho.  Espero que Deus conforte o coração dos familiares e amigos. Que tristeza", afirmou.

Tags: leo cruzeiro zagueiro defensor tragédia rio flamengorj