Cruzeiro

CRUZEIRO

Fábio recorda episódio em que recusou chance de trocar Cruzeiro pelo Arsenal

Goleiro preferiu permanecer em BH para se firmar como ídolo do clube

postado em 17/04/2019 08:00 / atualizado em 16/04/2019 21:52

<i>(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro )</i>
O goleiro Fábio recordou o episódio em que recusou a possibilidade de trocar o Cruzeiro pelo Arsenal, da Inglaterra, entre 2007 e 2008. Gravado em 2018, o trecho da entrevista ao canal Pilhado foi publicado no YouTube nessa segunda-feira.

Segundo Fábio, um time da Espanha serviria de ponte para o acerto posterior com o Arsenal, cujos goleiros da época eram o alemão Jens Lehmann, o espanhol Manuel Almunia e o polonês Lukasz Fabianski. Embora não tenha sido mencionado pelo camisa 1 cruzeirense, o clube em questão era o Osasuna, que escapou do rebaixamento no Campeonato Espanhol 2007/2008 na 17ª posição, com 42 pontos, a um do 18º, Zaragoza.

Recém-convertido à religião evangélica na ocasião, Fábio ficou balançado com a oferta, mas, após conversar com a esposa, Sandra, e fazer algumas orações, decidiu que o melhor caminho era renovar o contrato com o Cruzeiro.

“Se fosse pelo dinheiro, né?! Mas Deus me direcionou que minha casa era aqui. Aí eu senti a paz, mesmo não ganhando o que eu ia ganhar lá fora. Senti a paz que aqui era o meu lugar, que Deus estava preparando algo sobrenatural. Por isso permaneci mesmo tendo recebido propostas maravilhosas naquele momento. Maravilhoso mesmo era o que Deus tinha preparado para mim na minha vida”.

A partir dali, o jogador superou o período de altos e baixos e construiu uma trajetória vitoriosa no Cruzeiro. Hoje, aos 38 anos, ele detém o recorde de jogos pelo clube (825), além de ter conquistado 11 títulos: dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014), três Copas do Brasil (2000, 2017 e 2018) e cinco Campeonatos Mineiros (2006, 2008, 2009, 2011, 2014 e 2018).

Assista à entrevista de Fábio ao canal Pilhado

Tags: goleiro futinternacional interiormg fábio arsenal cruzeiro