Cruzeiro

CRUZEIRO

No mês de julho, Cruzeiro terá de conciliar recuperação no Brasileiro e decisões em Libertadores e Copa do Brasil

Time celeste disputará sete partidas em intervalo de 19 dias

postado em 25/06/2019 06:00 / atualizado em 25/06/2019 00:30

<i>(Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A. Press)</i>
 
 
Enquanto os holofotes do futebol estão voltados para a Copa América, o Cruzeiro inicia o período de intertemporada de olho nas partidas decisivas que terá em julho. Nos mata-matas, os adversários serão Atlético, pelas quartas de final da Copa do Brasil, e River Plate-ARG, nas oitavas de final da Copa Libertadores. Paralelamente, a equipe tentará se recuperar no Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a 18ª posição, com apenas oito pontos em nove rodadas. No próximo mês, haverá duelos contra Botafogo, Bahia e Athletico-PR.

Em função do calendário espremido pela realização da Copa América, o Cruzeiro lidará com sete jogos importantes no intervalo de 19 dias. O técnico Mano Menezes, portanto, terá de administrar o grupo para colocar equipes competitivas nas três competições. Não à toa alguns jogadores têm recebido preparações especiais, casos do meia Rodriguinho e do atacante Pedro Rocha, que chegaram à Toca da Raposa 2 no decorrer de 2019 e não tiveram trabalho de pré-temporada no clube.

Embora não tenha se pronunciado a respeito de reforços, a diretoria cruzeirense pode incorporar um zagueiro para suprir a saída de Murilo, vendido ao Lokomotiv Moscou, da Rússia, por quase R$ 11 milhões. As opções do grupo são Dedé, Leo, Fabrício Bruno e Cacá. Também é aventada uma reposição ao volante Lucas Silva, cujo vínculo de empréstimo do Real Madrid se encerra no domingo (30/6) e não há, por ora, acordo para renovação.

Todas essas avaliações da comissão técnica tem o objetivo de mandar a campo formações competitivas nos embates eliminatórios e nos pontos corridos. Afinal, não dá para deixar o Brasileiro em último plano com a atual situação do time.

“Temos que focar no Campeonato Brasileiro também. A gente sabe que é uma competição muito importante e que os jogos são nos intervalos das decisões. Sabemos que decisões exigem um pouco mais da concentração, que são jogos de detalhes. Mas vamos focar nas três competições. O mês de julho será importante, em uma semana teremos três campeonatos diferentes. Teremos atenção nos três campeonatos que estão por vir. Por isso será importante esse período de pausa e treinamento que teremos”, opinou o zagueiro Leo.

O Cruzeiro encerrou o período ‘pré-Copa América’ com nove jogos sem vitória. O último triunfo aconteceu contra o Goiás, em 5 de maio, no Mineirão, pela terceira rodada da Série A: 2 a 1. Desde então, foram quatro empates e cinco derrotas.

Sequência de jogos do Cruzeiro em julho


11/7 (quinta-feira) - Cruzeiro x Atlético, 20h, Mineirão (quartas de final da Copa do Brasil)

14/7 (domingo) - Cruzeiro x Botafogo, 16h, Mineirão (10ª rodada do Brasileiro)

17/7 (quarta-feira) - Atlético x Cruzeiro, 19h15, Independência (quartas de final da Copa do Brasil

20/7 (sábado) - Bahia x Cruzeiro, 21h, Fonte Nova (11ª rodada do Brasileiro)

23/7 (terça-feira) - River Plate-ARG x Cruzeiro, 19h15, Monumental de Núñez (oitavas de final da Copa Libertadores)

27/7 (sábado) - Cruzeiro x Athletico-PR, 19h, Mineirão (12ª rodada do Brasileiro)

30/7 (terça-feira) - Cruzeiro x River Plate-ARG, 19h15, Mineirão (oitavas de final da Copa Libertadores)

Tags: libertadores2019 copadobrasil seriea cruzeiroec interiormg futnacional