Cruzeiro

CRUZEIRO

Em ação na CNRD, lateral-esquerdo Mena cobra do Cruzeiro dívida de R$ 10 milhões

Defesa do chileno também pede que clube seja impedido de registrar atletas

postado em 13/08/2019 12:48 / atualizado em 13/08/2019 13:14

<i>(Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)</i>

Em ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF, o lateral-esquerdo Eugenio Mena cobra uma dívida de cerca de R$ 10 milhões do Cruzeiro. O chileno pleiteia que o clube celeste seja impedido de registrar jogadores até a quitação do débito. As informações são do Blog Rodrigo Mattos, do Uol

A dívida é referente à compra dos direitos econômicos de Mena adquiridos pelo Cruzeiro, em 2015. O clube celeste deveria desembolsado, de forma parcelada, 1,8 milhão de euros por 60% dos direitos do jogador, que trocou o Santos pela Raposa em 2015. O acordo não foi cumprido. 

Em 2017, o Cruzeiro assinou uma confissão de dívida de 2.1 milhões de euros e assumiu o parcelamento em dez vezes, mas, novamente, não cumpriu. 

O valor cobrado por Mena na CNRD é de 2.1 milhões de euros (cerca de R$ 9,3 milhões). Com multas e juros, a dívida aumenta para cerca de R$ 10 milhões. Ao blog do Uol, o Cruzeiro confirmou a existência da ação, mas informou que não fará comentários públicos sobre o caso. 

O caso envolvendo Cruzeiro e Mena ainda não teve sentença na CNRD. O jogador também entrou com ação contra o clube na 14ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e conseguiu sentença favorável para o recebimento de R$ 860 mil relativo à dívida pela rescisão contratual acordada em janeiro de 2018, um ano antes do encerramento. 

Mena, de 31 anos, atualmente defende o Racing, da Argentina. O lateral-esquerdo esteve vinculado ao Cruzeiro de 2015 a 2018. Ele disputou apenas 26 jogos pela Raposa no primeiro ano de contrato e foi emprestado para São Paulo (2016) e Sport (2017) nas temporadas seguintes.

Tags: cbf cnrd dívida cruzeiro mena