Cruzeiro

CRUZEIRO

Abalado, capitão Henrique pede 'coragem e fé' ao Cruzeiro na luta contra o rebaixamento

Cruzeiro volta a campo no domingo, às 19h, na Arena Condá

postado em 10/10/2019 07:30 / atualizado em 10/10/2019 02:41

<i>(Foto: Tiago Mattar/Superesportes)</i>
Capitão do Cruzeiro, o volante Henrique se mostrou muito abalado com o empate por 0 a 0 com o Fluminense, nessa quarta-feira, no Mineirão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na zona mista do estádio, ele destacou que o time não poderia ter deixado a vitória escapar diante de um rival direto na luta contra o rebaixamento.

O resultado manteve o Cruzeiro na 18ª colocação, com 21 pontos, só que mais afastado do CSA, 16º e primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 25.

“Ah, difícil, né? Como você não vence, as coisas vão se tornando mais difíceis. Nós temos que vencer para não deixar os adversários subirem. A gente tem que acreditar, independentemente da circunstância, que ela é dura, é difícil de encarar. Mas temos que ter coragem nesse momento, fé e trabalhar duro para reverter dessa situação e tirar o Cruzeiro dessa situação, que não cabe a ele vivenciar isso”, disse Henrique.

O Cruzeiro volta a campo no domingo, às 19h, na Arena Condá, em Chapecó, diante da Chapecoense. O rival é o lanterna, com 15 pontos, e um concorrente direto na luta contra o rebaixamento.



Tags: cruzeiro henrique seriea rebaixamento abalado capitão