Cruzeiro

CRUZEIRO

Fábio relata clima do Cruzeiro para clássico com Atlético: 'É nossa decisão na temporada'

Resultados da 31ª rodada tornaram vitória urgente para a Raposa

postado em 08/11/2019 17:27 / atualizado em 08/11/2019 18:00

(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
As vitórias de Ceará e Fluminense no encerramento da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro reaproximaram o Cruzeiro da zona de rebaixamento e aumentaram a pressão sobre o elenco celeste às vésperas do clássico contra o Atlético. Se não vencer no domingo, às 16h, no Mineirão, e o Botafogo superar o Avaí, a Raposa voltará ao Z4. Para o goleiro Fábio, a expectativa dos jogadores está à altura da importância do jogo.


O empate por 0 a 0 com o Athletico-PR, em Curitiba, na quarta-feira, chegou a elevar o Cruzeiro à 14ª posição, com 34 pontos. Mas, com as vitórias de Ceará e Fluminense no fechamento da rodada, os mineiros caíram para o 16º lugar. O Botafogo perdeu para o Flamengo por 1 a 0 e entrou no Z4, com 33 pontos.

O Cruzeiro já vem pressionado há muito tempo, pela situação de não pontuar principalmente no primeiro turno da forma necessária. Isso daí dentro da competição depois vai ter que pagar esse preço: jogos muito mais decisivos, desgastantes, e o Cruzeiro já vem ao longo da competição toda. Sempre com essa dificuldade e essa pressão. O Atlético, muito se passou dentro da competição que não iria passar esse momento delicado, e também vivenciou esse momento difícil, vivencia, mas fez o dever de casa no jogo passado (vitória sobre o Goiás), senão ia estar numa situação mais difícil ainda. Mas dentro de um clássico desse tamanho as duas equipes entram com foco de vencer. Temos que encarar dessa cara forma. É decisão jogo a jogo”, acrescentou Fábio.


Um basta nos empates

Entre os clubes com mais risco de queda, o Cruzeiro é de longe o que menos perdeu: 11. Ceará, Fortaleza e Fluminense perderam 15 vezes. O CSA foi superado 16 vezes, e o Botafogo, 18. Por outro lado, o time mineiro é o que mais empatou. Foram 13 igualdades.

Mesmo na série invicta atual, de nove jogos, os seis empates 'travaram' a subida do Cruzeiro na tabela. Quatro desses resultados foram no Mineirão.

Fábio espera que o Cruzeiro reencontre a vitória no clássico. “Acho que cada momento você tem que pensar de forma transparente. Às vezes o empate dentro de situação que é adversa, é favorável. Quando você joga em casa, aí sim, quando não consegue os três pontos, se torna na grande maioria das vezes um resultado ruim. Mas a gente tem oportunidade agora de jogar em casa. Para valorizar esses empates, basta conquistar os três pontos no nosso mando de campo, jogando no Mineirão, para melhorar na tabela e continuar na nossa luta”.

Depois do clássico, o Cruzeiro enfrentará Avaí (Mineirão), Santos (fora), CSA (Mineirão), Vasco (fora), Grêmio (fora) e Palmeiras (Mineirão).






Tags: cruzeiro seriea clássico interiormg