Cruzeiro

CRUZEIRO

Thiago Neves diz que aceitaria redução de salário para jogar Série B pelo Cruzeiro e dispara contra Perrella: 'Prefiro nem conversar'

Camisa 10 está afastado das atividades na Toca da Raposa desde o último dia 2

postado em 09/12/2019 14:23 / atualizado em 09/12/2019 14:59

(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Thiago Neves se pronunciou pela primeira vez desde o rebaixamento do Cruzeiro, após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, nesse domingo, no Mineirão. Em entrevista ao canal Fox Sports, o camisa 10 disparou contra o gestor de futebol Zezé Perrella, que o afastou do clube no último dia 2. Além disso, garantiu que aceitaria reduzir os salários para atuar na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Meu contrato vai até o final do ano que vem. Por mim, eu cumpro meu contrato independentemente de ter que jogar a Série B. A opção vai ser sempre do Cruzeiro, o Zezé que vai decidir, o presidente que vai decidir, o que eles acharem melhor, nós vamos sentar e conversar e a todo momento pensando no Cruzeiro, não quero pensar no Zezé, não quero pensar em ninguém, quero pensar no Cruzeiro, o que for melhor pro Cruzeiro, para mim tá bom”, disse. 

“Eu vi pouca coisa. O Zezé fala tanta coisa que não dá nem para saber o que ele falou o que ele não falou. Para ser bem sincero, eu prefiro nem sentar com ele para conversar, sento com outras pessoas que eu acho que talvez são mais honestas e justas e que eu respeito mais. Para ficar no Cruzeiro ano que vem eu toparia (redução de salário)”, complementou.

Entenda o caso

Thiago Neves está afastado dos treinos do Cruzeiro desde 2 de dezembro, um dia após vazar nas redes sociais vídeos de sua presença em um show do cantor Thiaguinho, no Mineirão. O camisa 10 se recupera de um edema na coxa esquerda.

O Cruzeiro não deseja a permanência de Thiago Neves para 2020, mas também não está disposto a pagar os valores de uma rescisão de contrato unilateral. Até por isso, as negociações não serão simples.

Gestor de futebol da Raposa, Zezé Perrella afirmou, no vídeo em que anunciou o afastamento do meia, que torce para ele que ele encontre logo um novo destino. “Vestir a camisa do Cruzeiro, pelo menos enquanto eu aqui estiver, ele não veste mais”, disse Perrella na ocasião.

Horas depois da divulgação do vídeo, Thiago Neves se manifestou por suas redes sociais e disse que estava sendo exposto pela diretoria celeste. “Que Deus perdoe essas pessoas”, disse. Seu empresário também mostrou descontentamento com a diretoria celeste. 

Thiago Neves tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020. Nesse domingo, antes do rebaixamento do Cruzeiro, o Fluminense divulgou nota em que desmente qualquer negociação com o meia e com o atacante Fred, ambos do clube celeste. Mais cedo, o site Netflu noticiou que os dois atletas, com passagens pelas Laranjeiras, negociavam para receber, no Rio de Janeiro, salários de R$ 500 mil. 

Tags: Cruzeiro interiormg futnacional seriea