Cruzeiro

CRUZEIRO

Filho de presidente do Conselho do Cruzeiro, jornalista diz que pai convocará reunião de afastamento caso Wagner e vices não renunciem

Dalai Rocha tem reunião marcada com cúpula celeste para o início da semana

postado em 13/12/2019 16:04

(Foto: Reprodução/Twitter)
O jornalista Fernando Rocha, ex-apresentador da TV Globo, revelou nesta sexta-feira, em seu Twitter, que seu pai, presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, José Dalai Rocha, convocará Reunião Extraordinária para votar o afastamento de Wagner Pires de Sá e de seus vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata. Isso só não acontecerá, segundo o jornalista, caso o trio renuncie imediatamente aos mandatos.

Ao Superesportes, Dalai foi mais cauteloso. Ele revelou que marcou reunião com a diretoria executiva para o início da semana, a fim de debater a situação do clube e encontrar uma solução para a crise política mais severa da história do Cruzeiro. “Vamos encontrar, conversar e decidir. Mas não está descartada a realização da assembleia”, disse.

Ainda de acordo com Fernando Rocha, caso a realização da reunião seja confirmada, a tendência é que seja realizada por meio de votação aberta. Ou seja, o torcedor, que pressiona pela renúncia dos atuais dirigentes, poderá saber qual conselheiro optou pela manutenção ou pela saída de Wagner Pires de Sá e companhia.

Renúncia coletiva! A meta do presidente do Conselho. Todo mundo entrega os cargos incluindo o presidente do Conselho. Em caso contrário vai ser convocada uma assembleia que vai votar o afastamento. E um detalhe: os votos serão nominais. Isso não é um palpite. É uma informação”, escreveu o jornalista.

Na última terça-feira, a oposição do Cruzeiro protocolou pedido de Reunião Extraordinária para votar um possível afastamento de Wagner Pires de Sá. O grupo reuniu 161 assinaturas de conselheiros e associados. 

O documento teve adesão, por exemplo, do ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares, do ex-diretor de futebol da gestão Perrella, Dimas Fonseca; do ex-presidente do Conselho, João Carlos Amorim; do ex-membro do Conselho Fiscal, Celso Chimbida; e de um dos principais líderes da oposição, Gustavo Gatti.

Tags: Cruzeiro interiormg seriea futnacional