Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro aguarda troca de documentos para anunciar Régis, do Bahia; veja detalhes do acordo

Meia deverá ser oficializado como primeiro reforço da 'era Enderson'

postado em 02/04/2020 19:09

(Foto: Felipe Oliveira/Bahia)

O meia Régis, do Bahia, deverá ser oficializado nos próximos dias como primeiro reforço da ‘era Enderson Moreira’ no Cruzeiro. Interlocutor do departamento de futebol do clube, Carlos Ferreira afirmou à reportagem que apenas detalhes burocráticos, como a assinatura do contrato, impedem o anúncio o oficial. 

Avançou bem e agora aguardamos os detalhes burocráticos para, só depois, anunciar”, confirmou Carlos, depois que o diretor de futebol, Ricardo Drubscky, revelou as negociações avançadas em entrevista à Rádio Itatiaia. "A negociação está bem encaminhada. Se eu tiver os trâmites dos documentos já resolvidos, a gente pode anunciar logo logo”, disse Drubscky. 

O Superesportes apurou que, em função da pandemia de coronavírus, Régis deverá assinar um contrato com validade a partir de 1º de maio. Ele deverá ser emprestado pelo Bahia ao clube celeste até o fim da temporada, com o Tricolor de Aço pagando parte dos salários, uma vez que tem vínculo com o meia até dezembro. 

Se o Cruzeiro garantir acesso à Série A do Brasileiro em 2021, está prevista renovação automática, mas com novo contrato, desta vez em definitivo, por mais uma temporada, até o fim de 2021. O Bahia deverá ficar com um percentual do jogador. Também está prevista bonificação salarial ao jogador em um possível novo vínculo. Os moldes são muito parecidos ao que a Raposa fechou com Jean recentemente.

O interesse do Cruzeiro em Régis não surgiu com a chegada de Enderson. O Superesportes noticiou que o jogador do Bahia estava nos planos do clube em 21 de janeiro, quando Adilson Batista ainda era o técnico da equipe. Naquela oportunidade, as negociações não evoluíram em função dos salários do jogador.

Em 2020, Régis fez apenas dois jogos pelo Bahia. No ano passado, o meia também não registrou bons números. Emprestado ao Corinthians, atuou em sete oportunidades e não marcou gols. Sua melhor temporada foi em 2017, quando participou de 49 partidas e marcou 13 gols. 

Embora seja apenas o primeiro reforço da ‘era Enderson’, Régis será a 11ª contratação do Cruzeiro em 2020. Antes dele, já chegaram à Toca da Raposa o lateral-esquerdo João Lucas; os zagueiros Marllon e Ramón; os volantes Jean e Filipe Machado; o meia Everton Felipe, além dos atacantes Angulo, Jonatha Robert, Marcelo Moreno e Robertson.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional bahiaba Régis mercadobola