Cruzeiro

CRUZEIRO

Médico do Cruzeiro faz balanço após volta aos treinos; atacante diagnosticado com COVID-19 é afastado

Vinícius Popó, de 19 anos, foi reprovado no protocolo médico celeste e está em isolamento

postado em 01/06/2020 06:00 / atualizado em 01/06/2020 08:47

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

A primeira semana de treinos do Cruzeiro na Toca da Raposa após mais de dois meses de paralisação foi intensa. O novo treinador celeste, Enderson Moreira, finalmente pôde se encontrar com os jogadores desde que assumiu o cargo, em março. Além disso, na sexta-feira, Sérgio Santos Rodrigues teve seu primeiro contato com funcionários, atletas e comissão técnica depois de vencer as eleições. Apesar da rotina cheia, o médico da Raposa, Sérgio Campolina, avaliou de maneira positiva o retorno às atividades.

Os trabalhos na Toca II foram suspensos em 17 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Depois de uma série de medidas preventivas, as atividades foram retomadas na última terça-feira (26). Segundo Sérgio Campolina, os atletas foram distribuídos em grupos de acordo com suas características e posições em campo para realizarem as atividades.

“Após a realização de toda a avaliação clínica e laboratorial, os atletas do Cruzeiro deram início às suas atividades de treinamento, fechando neste final de semana, um total de cinco atividades orientadas”, explicou.

O médico do Cruzeiro ainda elogiou a postura e comprometimento dos atletas, que devem seguir os protocolos médicos e enviar relatórios diários individuais ao clube.

“Todos os atletas absorveram a ideia do controle diário e preencheram um questionário de maneira adequada, enviando esse relatório diariamente sempre antes da entrada dos mesmos ao clube”, disse Campolina.

Segundo Sérgio, a expectativa é de que, após o encerramento da segunda semana de treinos, os jogadores já possam iniciar a segunda fase no planejamento das atividades da equipe.

“Está programada para a próxima semana, uma revisão laboratorial para identificar e manter o controle sobre todas as doenças, como temos feito até o momento. Esperamos, com isso, fechando essa segunda semana de treinamentos e realização dos exames, a progressão para a etapa 2 das atividades com o grupo”, comentou.

Depois da paralisação das atividades, os clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro decidiram dar férias de 20 dias aos elencos, mas o período acabou ampliado por mais 10 dias, até 1º de maio. Desde então, os atletas estavam seguindo, de casa, orientações do departamento de preparação física da Raposa. Agora, voltaram a treinar em campo.

Diagnóstico de COVID-19

Apesar das restrições impostas pela Raposa, o atacante Vinícius Popó testou positivo para coronavírus. Segundo informou o clube, mesmo assintomático, o atleta foi reprovado no protocolo médico após responder o questionário diário individual na sexta-feira. O jogador, então, fez o exame e, nesse domingo, o resultado indicou infecção por COVID-19.

Popó foi afastado dos treinos e vem seguindo as orientações de isolamento social em sua casa. O Cruzeiro informou, ainda, que o atacante de 19 anos não teve contato com outros atletas nem comissão técnica. Durante os treinamentos, os jogadores são divididos em pequenos grupos e se mantém a pelo menos dois metros de distância um do outro.

Apesar do diagnóstico positivo de Vinícius Popó, a agenda de treinos do Cruzeiro desta semana será mantida. As atividades desta segunda-feira terão início às 9h.

Tags: serieb cruzeiroec interiormg futnacional coronavirus covid19