Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro relembra ídolos negros e se posiciona nas redes sociais contra o racismo

Clube celeste lembrou trajetórias de Roberto Batata, Zé Carlos e Dirceu Lopes

postado em 01/06/2020 18:07

Por meio das redes sociais, o Cruzeiro se posicionou em defesa da luta antirracista. Nesta segunda-feira, o clube fez uma publicação em que exaltou ídolos negros de sua história, como Roberto Batata, Zé Carlos e Dirceu Lopes. A Raposa ainda destacou a hashtag #VidasNegrasImportam

“Nossa história não seria tão cabulosa se não fossem as lutas e os talentos de negros como Roberto Batata, Zé Carlos, Dirceu Lopes e tantos outros que fizeram conhecer a força e o peso da camisa estrelada em todos os cantos do mundo #VidasNegrasImportam #BlackLivesMatter”, escreveu o clube.

Citados pelo clube, Roberto Batata, Zé Carlos e Dirceu Lopes têm trajetórias marcantes na história do Cruzeiro. O primeiro defendeu a camisa celeste em 281 partidas e marcou 110 gols. Ele venceu a Copa Libertadores de 1976; já Zé Carlos é o segundo atleta com mais partidas pela Raposa: foram 633 duelos, 87 gols marcados e duas grandes conquistas: a Libertadores de 1976 e a Taça Brasil de 1966.

Dirceu Lopes é outra lenda na história do Cruzeiro. Principal ídolo ao lado de Tostão, o meio-campista, também conhecido como ‘Príncipe’, atuou em 594 compromissos pela Raposa e marcou nada menos do que 224 gols. Assim como Zé Carlos, levantou troféus da Taça Brasil de 1966 e da Libertadores de 1976. 

A manifestação do Cruzeiro acontece no momento em que o mundo vive um levante antirracismo após o assassinato do norte-americano George Floyd pelo policial branco Derek Chauvin nos Estados Unidos. No Brasil, a maioria dos clubes também se posicionou da mesma forma. Alguns jogadores, como Gabigol e Gerson, do Flamengo, e Igor Julião, do Fluminense, fizeram defesas em seus perfis pessoais.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional antirracismo