Cruzeiro

CRUZEIRO

Fábio, do Cruzeiro, diz que recebe orientação divina para defender pênaltis

Goleiro já segurou 30 penalidades máximas com a camisa celeste

postado em 03/07/2020 10:22 / atualizado em 03/07/2020 11:06

(Foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press)
O goleiro Fábio é um dos maiores pegadores de pênaltis do futebol brasileiro. Somente com a camisa do Cruzeiro, ele defendeu 30 penalidades máximas. Qual o segredo de tamanho sucesso? O camisa 1 da Raposa disse que estuda os batedores e recebe até orientação divina nas jogadas.

"É um mix de muitas coisas. No começo a gente não tinha essa facilidade de ter a análise em mãos, sempre entregando os  dados. Mas isso também te confunde muito, porque a análise trabalha pênalti do atleta adversário de cinco anos atrás, o cara jogava em outra equipe. Então, se você só se basear nisso fica muito difícil. É uma situação muito ímpar, é do goleiro mesmo, independentemente se você já viu vários vídeos, o preparador sempre vai deixar que você tome a melhor decisão porque a gente está vivenciando esse momento", disse o goleiro ao Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos

"Eu sempre fui com muita fé, sempre peço muito a Deus para conseguir ver esse momento. Eu já fiquei muito bravo comigo mesmo porque Deus falou 'vai nesse canto', e aí eu falo para Deus 'me confirma que esse é o canto'. Eu fui e pulei para o canto errado (risos)", conta o camisa 1 do Cruzeiro. 

O goleiro explicou como recebe as orientações divinas: "Deus fala de várias formas, me mostra às vezes no trejeito do atleta, na forma que ele vai correr para a bola. Vou te falar qual foi o jogo (que ele não escutou a orientação divina), foi a final de 2018 contra o Corinthians, do Jadson. Você pode reparar no lance que na hora que eu me levanto, já levanto puto comigo mesmo", explicou Fábio, que não defendeu o pênalti do jogador corintiano.

Lista dos pênaltis defendidos por Fábio no Cruzeiro:

1 – Sandro (Paraná)
Campeonato Brasileiro 2005

2 – Diego Marangon (Nacional-AM)
Copa do Brasil 2006

3 – Nilmar (Internacional)
Campeonato Brasileiro 2008

4 – Sergio Blanco (Nacional-URU)
Torneio de Verão 2009

5 – Juan (Flamengo)
Campeonato Brasileiro 2009

6 – Ronaldo (Corinthians)
Campeonato Brasileiro 2009

7 – Thiago Pereira (Caldense)
Campeonato Mineiro 2010

8 – Thiago Pereira (Caldense)
Campeonato Mineiro 2010

9 – Renato Cajá (Botafogo)
Campeonato Brasileiro 2010

10 – Bruno César (Corinthians)
Campeonato Brasileiro 2010

11 – Medina (Tolima-COL)
Copa Libertadores 2011

12 – Luís Fabiano (São Paulo)
Campeonato Brasileiro 2011

13 – Fábio Júnior (América)
Campeonato Mineiro 2012

14 – Luís Fabiano (São Paulo)
Campeonato Brasileiro 2012

15 – Ronaldinho Gaúcho (Atlético)
Campeonato Brasileiro 2012

16 – Fred (Fluminense)
Campeonato Brasileiro 2013

17 – Lucão* (São Paulo)
Copa Libertadores 2015

18 – Luís Fabiano* (São Paulo)
Copa Libertadores 2015

19 – Diego Renan (Vitória)
Copa do Brasil 2016

20 – Luan* (Grêmio)
Copa do Brasil 2017

21 – Diego* (Flamengo)
Copa do Brasil 2017

22 – Bruno Henrique* (Santos)
Copa do Brasil 2018

23 – Rodrygo* (Santos)
Copa do Brasil 2018

24 – Jean Mota* (Santos)
Copa do Brasil 2018

25 – Luan (Grêmio)
Campeonato Brasileiro 2018

26 – Ricardo Bueno (Ceará)
Campeonato Brasileiro 2019

27 – João Pedro* (Fluminense)
Copa do Brasil 2019

28 – Yago Pikachu (Vasco da Gama)
Campeonato Brasileiro 2019

29 – Diogo Peixoto (Uberlândia)
Campeonato Mineiro 2020

30 – Yuri Almeida (Boa)*
Copa do Brasil 2020

*9 defendidos em disputas por pênaltis