Cruzeiro

CRUZEIRO

Ainda longe da Toca I, base do Cruzeiro faz treinos físicos e aulas táticas a distância

Treinador do Sub-20, Rogério Micale revelou que alguns atletas não tem 'local ideal para realizar determinada atividade física'

postado em 06/07/2020 13:29 / atualizado em 06/07/2020 18:53

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Em função da pandemia do novo coronavírus, a base do Cruzeiro tem trabalhado remotamente. Segundo o técnico do Sub-20, Rogério Micale, os atletas estão fazendo trabalhos físicos e recebendo aulas táticas.

"A gente tem tentado trabalhar de alguma forma com o elenco juniores passando o protocolo físico e dando aulas táticas, o comportamento que a gente quer que a equipe reproduza quando retomarmos o trabalho. Tem sido assim o nosso período de pandemia. É o melhor que a gente pode fazer no momento. E estamos ansiosos para a volta aos trabalhos", destacou o treinador.

Micale revelou a dificuldade que alguns jogadores enfrentam. "A gente tem mantido um contato. Mas, às vezes, alguns atletas não têm o local ideal para realizar determinada atividade física. Agora, a gente está tendo pé maior da situação toda e estamos tentando de alguma forma colaborar com o desenvolvimento dos nossos atletas. A gente vem fazendo reuniões periódicas com a comissão técnica tratando de trabalhos a serem desenvolvidos", destacou o treinador.

Revelações e vendas


Para Rogério Micale, o trabalho na base precisará ser de médio prazo para que atinja os objetivos. Segundo ele, o clube está focado em revelar e vender os atletas. Atualmente, o Cruzeiro enfrenta grande problema financeiro.

O balanço do clube referente ao ano passado, o último da gestão de Wagner Pires de Sá, mostra déficit de R$ 394.100.974, conforme levantamento realizado pela Moore Stephens Consulting News Auditores Independentes. A dívida total do Cruzeiro chegou a R$ 803.486.208 em 2019.

"Hoje, o Cruzeiro tem um grupo de trabalho muito bom. Pessoas experientes, com currículo bom. Capacitadas teoricamente. Acredito que o processo vai ser muito bem desenvolvido. E a gente tem tudo para em médio prazo, com toda metodologia e entendimento, dar retorno esportivo e financeiro", frisou.

Entrosamento com Enderson Moreira


Rogério Micale comentou a sua relação com o técnico Enderson Moreira. “É um amigo pessoal. A gente é praticamente da mesma geração de treinadores e nos enfrentamos muitas vezes nos caminhos do futebol. Com certeza vai ser um baita de um crescimento estarmos juntos. A conversa flui melhor pela amizade que nós temos e quem vai ganhar com isso é o Cruzeiro, por ter profissionais linkados quase que semanalmente. O Enderson é um cara que tem uma visão espetacular do futebol, tem um histórico muito bom e o Cruzeiro tem tudo para retornar para a Série A no ano do nosso centenário”.


Tags: cruzeiro treino base atividades aulas micale