Cruzeiro

CRUZEIRO

Números: Cruzeiro só acertou duas finalizações contra o Oeste, time mais vazado da Série B

Time paulista havia sofrido gols da segunda até a 14ª rodada

postado em 11/10/2020 19:57 / atualizado em 12/10/2020 11:19

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
O Cruzeiro deu apenas dois chutes em direção à meta no empate por 0 a 0 com o Oeste, lanterna da Série B, com sete pontos, e dono da pior defesa - 26 gols sofridos. As equipes se enfrentaram neste domingo, na Arena Barueri, na Grande São Paulo, pela 15ª rodada.

A primeira conclusão cruzeirense foi em uma cobrança de falta de Filipe Machado, aos 45min da etapa inicial. O volante arrematou com efeito e conseguiu tirar a bola da barreira, exigindo grande defesa do goleiro Luiz.

A segunda tentativa também teve origem na bola parada. Aos 50min da etapa final, Régis carimbou a barreira, ficou com o rebote e soltou a bomba de pé esquerdo. Bem posicionado, Luiz segurou firme a redonda.

Segundo o SofaScore, a Raposa encerrou a partida com 14 finalizações. Além das duas no gol, seis foram pra fora e outras seis acabaram bloqueadas pela defesa adversária.

Embora também tenha produzido pouco, a equipe mandante esteve mais perto de conquistar a vitória.

Aos 39min de jogo, Mazinho recebeu ótima assistência de Éder Sciola e, cara a cara com Fábio, concluiu cruzado à beira da trave esquerda.

Por fim, aos 49min do segundo tempo, o camisa 1 cruzeirense evitou vexame ainda maior ao defender cabeceio à queima-roupa de Madson.

Na posse de bola, o Oeste dominou o Cruzeiro, com 58% a 42%. Foram 517 passes certos, contra 343 dos visitantes.

É a segunda vez que o rubro-negro paulista consegue terminar um duelo da Série B sem ser vazado. O primeiro foi na estreia, no empate por 0 a 0 com a Chapecoense, em 9 de agosto, em Barueri.

Entre as 10 derrotas do Oeste, destaque para o 4 a 1 aplicado pelo Figueirense, na 13ª rodada, e o 3 a 0 a favor do Cuiabá, na 10ª rodada.

Já o Cruzeiro encerrou a 15ª rodada em penúltimo, com 12 pontos. Em razão da má campanha e do risco de queda à Série C, o presidente Sérgio Santos Rodrigues anunciou a demissão do técnico Ney Franco.

Tags: empate demissão Cruzeiro serieb interiormg futnacional Ney Franco Oeste oestesp