Cruzeiro

CRUZEIRO

Marcos Vinícius, Kieza: Náutico, adversário do Cruzeiro, tem jogadores que já passaram pela Toca da Raposa

Clubes mineiro e pernambucano se enfrentam no domingo, às 16h, no estádio dos Aflitos

postado em 22/10/2020 13:29 / atualizado em 22/10/2020 15:45

(Foto: Yuri Edmundo / Cruzeiro)

Em busca de embalar na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrentará o Náutico no domingo, às 16h, no estádio dos Aflitos, em Recife. Em campo, a Raposa pode encontrar ex-jogadores do clube, como o meia Marcos Vinícius e os atacantes Erick Kieza.

Autor do gol da vitória sobre o Oeste por 1 a 0, na última terça-feira, Kieza colocou fim a um jejum no Náutico de seis jogos sem vitória e de cinco partidas sem marcar um gol. O atacante sonha alto: "Náutico é time grande. A gente entrou nesse campeonato com a expectativa e com o sonho de subir para a Série A. Em momento nenhum a gente tirou essa vontade da cabeça", disse.

Kieza chegou ao Náutico neste ano. Em 18 jogos, marcou seis gols - três pela Série B, dois pelo Pernambucano e um pela Copa do Nordeste. O atacante jogou no Cruzeiro em 2010. Participou de apenas seis jogos e marcou dois gols.

Outro que passou pela Toca da Raposa II foi Marcos Vinícius. De 2015 a 2017, disputou 40 jogos (38 oficiais), com quatro gols e cinco assistências. Como sofreu com lesões em Belo Horizonte, acabou não conseguindo uma sequência longa de jogos.

Marcos Vinícius foi anunciado pelo Náutico no dia 19 deste mês. Ainda não fez nenhuma partida oficial pelo Timbu. Antes de fechar com o clube pernambucano, estava no Botafogo-SP. Disputou apenas uma partida em 2020, na vitória do time de Ribeirão Preto sobre o Oeste, por 3 a 0, no Campeonato Paulista. O meia pode ser relacionado pela primeira vez pelo técnico Gilson Kleina para o jogo contra a Raposa.

O atacante Erick também já vestiu a camisa cinco estrelas. Ele foi emprestado e ficou na base da Raposa em 2014, mas não chegou a jogar pela equipe profissional. Está emprestado pelo Braga, de Portugal, ao Náutico desde o início do ano. Em 33 jogos, marcou três gols, sendo dois pela Série B e um pelo Pernambucano.

Respeito ao Cruzeiro


Após a vitória do Náutico sobre o Oeste, por 1 a 0, o técnico Gilson Kleina pregou respeito ao Cruzeiro.

"É uma vitória que chega a ser emblemática, porque a gente vai ter uma sequência contra Cruzeiro, CSA e Sampaio Correa, nós que vínhamos de uma série de resultados ruins. O importante é voltar a ter ambiente, tranquilidade. Nunca faltou convicção aqui, isso é importante. Agora é trabalhar forte, a gente sabe que é o Cruzeiro, uma camisa que a gente tem o maior respeito, mas a gente espera voltar a ser mais solto", disse Kleina.

O Náutico é o 15º colocado na Série B, com 18 pontos. O Cruzeiro, por sua vez, está na 18ª posição, com 16.

Tags: serieb kieza naútico cruzeiroec Marcos Vinícius