Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Salário 'bem menor', 'grandes prêmios' e multa 'muito alta': o contrato de Felipão com Cruzeiro

Brunoro revelou alguns detalhes do acordo assinado na semana passada

postado em 24/10/2020 06:00 / atualizado em 23/10/2020 17:04

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Um dos dirigentes que participou ativamente das negociações do Cruzeiro com Felipão, José Carlos Brunoro detalhou, sem revelar números, o acordo assinado na última semana entre os mineiros e o ex-treinador da Seleção Brasileira. 

De acordo com o consultor de planejamento e estratégia da Raposa, o técnico Luiz Felipe Scolari aceitou ‘salário bem menor’ ao que recebeu nos últimos trabalhos, mas assinou um contrato com ‘grandes prêmios’, em caso de cumprimento de metas, e multa rescisória ‘muito alta’ para evitar rompimento do vínculo, com duração até o fim de 2022.

Felipão não é o salário que ele costuma ganhar nos outros lugares. Bem menos, por sinal. Ele está interessado no projeto e com prêmios grandes conseguindo objetivos. Mas aí, conseguindo objetivos, meu camarada, tem que pagar o prêmio mesmo. Está muito claro isso”, disse Brunoro em entrevista à Rádio 98FM. 

“Eu acho que seria um risco se nós não fizéssemos isso (multa rescisória alta). Qualquer situação a gente poderia demitir treinador. E nós todos somos contra (...) Para você fazer uma coisa a longo prazo, você precisa ter um treinador de peso, que quer fazer uma coisa diferente, como nós queremos. Risco é calculado. Com essa mentalidade e com uma multa muito alta”, completou.

Felipão é o terceiro treinador da gestão Sérgio Santos Rodrigues e o segundo contratado pelo presidente, que tomou posse em junho. O Cruzeiro começou o ano sob o comando de Adilson Batista e teve ainda Enderson Moreira e Ney Franco nesta temporada. 

O maior desafio de Luiz Felipe Scolari é conseguir o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro já em 2020. Após 17 rodadas da Segunda Divisão, o Cruzeiro é apenas o 18º colocado, com 16 pontos. A Raposa começou o torneio com menos seis pontos em função de uma punição aplicada pela Fifa.

Tags: Felipão Cruzeiro serieb interiormg futnacional