Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro terá quase meio time mudado em relação ao jogo contra o Brasil no primeiro turno

Equipes duelam em BH três meses depois de partida no Rio Grande do Sul

postado em 04/12/2020 19:03 / atualizado em 04/12/2020 19:15

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
O Cruzeiro terá quase meio time mudado em relação ao jogo contra o Brasil de Pelotas no primeiro turno da Série B. Na ocasião, o clube gaúcho venceu por 1 a 0, no dia 2 de setembro, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela sétima rodada. O reencontro está marcado para este sábado (5), às 21h, no Mineirão, pela 26ª rodada.

No revés de três meses atrás, o Cruzeiro era comandado por Enderson Moreira, que escalou a equipe com Fábio; Raúl Cáceres, Leo, Cacá e Matheus Pereira; Henrique e Jadsom Silva; Airton, Maurício e Arthur Caíke; Marcelo Moreno. No decorrer da partida, ele colocou o volante Filipe Machado, os meias Claudinho e Régis e os atacantes Roberson e Thiago.

A Raposa até criou algumas oportunidades, sobretudo no primeiro tempo. Aos 2min, Airton recebeu lançamento de Marcelo Moreno, partiu em velocidade pela direita e entrou com a bola dominada na grande área. Livre de marcação, acabou finalizando sem força. Já aos 44’, foi a vez de Moreno errar o alvo em conclusão de cabeça.

Na etapa complementar, o Brasil de Pelotas garantiu a vitória com gol do atacante Gabriel Poveda, aos 22 minutos. Ele se posicionou entre os zagueiros Léo e Cacá e chutou sem chances para Fábio após assistência de Rodrigo Ferreira. O Xavante assegurava seu primeiro triunfo depois de um início com dois empates e quatro derrotas na competição.

No duelo do returno, o Cruzeiro de Luiz Felipe Scolari terá pelo menos cinco “caras novas” em comparação ao compromisso no Rio Grande do Sul: Manoel e Ramon nos lugares de Cacá e Léo; Adriano e Filipe Machado nas vagas de Henrique e Maurício; e Rafael Sobis na função de Marcelo Moreno. A sexta alteração só não será efetuada porque William Pottker sofreu lesão na coxa esquerda e ficará em tratamento pelas próximas semanas. Com isso, Arthur Caíke, titular em Pelotas, deve começar no Mineirão.

Além da segurança defensiva, Manoel se destaca por ser o artilheiro do Cruzeiro na Série B, com quatro gols (todos de cabeça) em 15 jogos. Ramon é bem avaliado por Felipão pela qualidade para sair jogando e pela versatilidade em atuar como volante. Adriano e Filipe Machado tiveram bom rendimento na vitória sobre o América, por 2 a 1, na quarta-feira, enquanto Rafael Sobis deu maior poder de fogo à equipe com boas finalizações.

A provável formação celeste para o duelo deste sábado terá Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadsom Silva e Filipe Machado; Airton, Arthur Caíke e Rafael Sobis. Em 15º lugar, com 31 pontos, o Cruzeiro precisa vencer o Brasil de Pelotas (13º, com 33) para ganhar ao menos uma posição na classificação da Série B e aumentar a probabilidade de acesso à elite nacional de 2021.

Tags: time Cruzeiro escalação formação serieb interiormg futnacional brasilrs