Cruzeiro recebe doação de torcedores para pagamento de salários; veja valor

Associação Grandes Cruzeirenses foi responsável por recolher dinheiro, que só pôde ser transferido uma semana depois do quinto dia útil de outubro

14/10/2021 20:45 / atualizado em 14/10/2021 21:02
compartilhe
Clube recebeu doação de R$26 mil de torcedores para quitar salários
foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Clube recebeu doação de R$26 mil de torcedores para quitar salários


O Cruzeiro recebeu nesta quinta-feira (14) uma doação de R$26 mil da campanha “Aqui a torcida banca o time!”, liderada pela Associação Grandes Cruzeirenses (AGC). O dinheiro será destinado exclusivamente para o pagamento de salários de colaboradores da instituição.

A iniciativa já arrecadou cerca de R$35 mil, porém, de acordo com a AGC, os R$26 mil repassados ao clube complementaram uma folha. Em meio ao risco de bloqueios judiciais, o grupo precisou esperar cerca de uma semana após o quinto dia útil de outubro (7) para efetuar a transferência.

O cruzeirense que quiser doar  (clique aqui e veja mais detalhes)  pode utilizar cartões de crédito e/ou débito, PIX com chave QR Code, transferência DOC/TED, boleto e débito em conta. O banco que receberá o dinheiro é o mesmo que atende o clube - Santander (código 033), agência 3476, CC: 130081757, CNPJ da AGC: 24.567.595/0001-20.

No site da Associação há valores previamente definidos em alusão aos anos de títulos importantes: R$15,66 (Taça Brasil), R$30,76 (Copa Libertadores), R$50,91 (Supercopa), R$70,92 (bi da Supercopa), R$100,93 (Copa do Brasil), R$300,96 (bi da Copa do Brasil), R$600,03 (Tríplice Coroa), R$1.013,14 (bi consecutivo do Brasileirão), R$1.921,42 (Nascidos Palestra Forjados Cruzeiro) e R$6.017,18 (bi consecutivo da Copa do Brasil).

A ação da AGC é uma forma de aliviar a situação econômica do Cruzeiro, que lida com dívida superior a R$900 milhões, ante uma arrecadação na casa de R$120 milhões. Com pendências nos salários de 2020 e 2021, os jogadores anunciaram paralisação nos treinamentos até que a diretoria apresente soluções.

Nesta quinta-feira, o presidente Sérgio Santos Rodrigues retornou a Belo Horizonte, depois de passar quatro dias participando de um evento de gestão esportiva em Portugal, e prometeu prestar esclarecimentos sobre o protesto do elenco nesta sexta-feira. O dirigente deve buscar socorro financeiro junto a empresários parceiros do clube.

Compartilhe