Com Mineirão lotado, Cruzeiro enfrenta Náutico em noite de despedidas

Partida pela última rodada da Série B marcará o fim da carreira de Rafael Sobis e a saída de Ariel Cabral do clube. Público deve superar 60 mil

25/11/2021 06:00 / atualizado em 25/11/2021 08:16
compartilhe
Ariel Cabral e Rafael Sobis se despedem do Cruzeiro nesta quinta-feira
foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Ariel Cabral e Rafael Sobis se despedem do Cruzeiro nesta quinta-feira

O Cruzeiro encerra nesta quinta-feira, às 20h, contra o Náutico, no Mineirão, a segunda participação na Série B do Campeonato Brasileiro sem alcançar o objetivo de voltar à Primeira Divisão, mas vislumbrando dias melhores. A expectativa é que o jogo marque uma nova era no clube, que vai ser sócio majoritário em empresa a ser constituída no mês que vem com base na lei que regulamentou a criação de Sociedades Anônimas do Futebol (SAF).

A esperança é que isso permita ao Cruzeiro se viabilizar financeiramente. Afinal, com dívidas na casa de R$1 bilhão, sendo até impedido de fazer contratações pela Fifa em função de débitos não quitados com outros clubes, o clube não vê condições de sair sozinho da situação calamitosa em que a instituição se encontra.

Além disso, o confronto marcará a despedida de jogadores importantes na história recente do clube. Um deles é o atacante Rafael Sóbis, que se aposenta dos gramados com duas passagens pela Raposa, pela qual jogou 176 partidas e marcou 37 gols. Outro, o volante Ariel Cabral, que já é o estrangeiro que mais defendeu o time celeste e chegará aos 200 jogos. Ambos foram peças importantes no elenco bicampeão da Copa do Brasil em 2017 e 2018.

Por tudo isso, a torcida promete lotar o Mineirão. Até ontem à noite, restavam poucos dos 61,5 mil ingressos. “Que este jogo seja marco de uma nova era. O jogo não vale nada, mas o fato de o torcedor estar esgotando os ingressos mostra a grandeza do clube. Espero eu estar nas arquibancadas no ano que vem para comemorar o acesso, pois do ano que vem não passa. O que tinha de errar já errou e a partir de agora as coisas vão andar melhores”, projeta Sóbis, de 36 anos.

Ele chegou ao clube em junho de 2016, vindo do Tigres-MEX, e ajudou o Cruzeiro nas conquistas das Copas do Brasil de 2017 e 2018 e do Campeonato Mineiro de 2018. Saiu no início de 2019 para voltar ao Internacional, onde começou, e passou ainda pelo Ceará antes de retornar à Toca da Raposa II há pouco mais de um ano.

Assim, conheceu bem tanto o lado bom quanto o ruim do clube celeste. “Minha primeira passagem foi maravilhosa, com títulos, conquistas. E o fato triste foi ver o que aconteceu no meio do caminho. Só voltei pela situação, para tentar ajudar. Mas sei que o Cruzeiro vai voltar ao lugar dele”, diz o atacante gaúcho. “Um gigante, quando passa por problemas, demora um pouco para entendê-los. Eu queria me despedir na Primeira Divisão, o que não foi possível. Mas as pessoas aqui aprenderam a lição e não tem mais onde errar. Um clube como o Cruzeiro, se fizer as coisas certas, voltar é natural.”

Assim que pendurar as chuteiras, Sóbis já sabe o que vai fazer: se divertir. “Agora eu vou aproveitar a vida, aproveitar meus filhos, minha esposa, meus pais, pessoas queridas que não pude ter ao lado durante o período de profissão. Aproveitar datas festivas, ver jogos fazendo churrasco, enquanto meus ex-companheiros estão concentrados. Vou tentar viver da melhor forma possível, com sabedoria e, principalmente, conviver com os meus”, promete.

Já Ariel Cabral não anunciou o futuro. Aos 34 anos, ele ainda tem mercado, tanto no Brasil quanto no país natal, a Argentina, onde foi revelado pelo Vélez Sarsfield.

Mudanças

A dúvida agora é como o técnico Vanderlei Luxemburgo vai montar o time. Sóbis e Cabral podem ser titulares ou entrar no segundo tempo. O certo é que o treinador não contará com os atacantes Thiago e Vitor Leque, suspensos, e Keké, machucado. Por outro lado, Marcelo Moreno está de volta da Seleção Boliviana.

Náutico


Se o Cruzeiro nunca lutou pelo acesso em 2021, o Náutico foi líder da terceira à 16ª rodada da Série B. Por isso, chega frustrado ao último jogo, pois, como os mineiros, também não tem chances de subir neste ano e até liberou parte dos jogadores. O curioso é que o técnico Hélio dos Anjos saiu depois de quatro derrotas seguidas no primeiro turno e retornou ao clube posteriormente. O mineiro de Janaúba não conseguiu levar o time de volta ao G-4, apesar de alguns bons momentos.

Cruzeiro x Náutico


Cruzeiro
Fábio; Rômulo, Léo Santos, Eduardo Brock e Jean Victor (Felipe Augusto); Adriano, Ariel Cabral e Giovanni; Wellington Nem, Rafael Sobis e Marcelo Moreno
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Náutico
Anderson; Hereda, Rafael Ribeiro, Carlão e Júnior Tavares; Djavan, Matheus Trindade, e Juninho Carpina; Thássio,Álvaro e Murillo
Técnico: Hélio dos Anjos

Motivo: 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Estádio: Mineirão

Data: 25 de novembro de 2021 (quinta-feira)

Horário: 20h

Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho (RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

VAR: Vinícius Furlan (SP)

TV: SporTV e Premiere

Compartilhe