CSA
1

SÉRIE B

Série B vai ter 8 jogos finais para definir último acesso e dois rebaixados

Avaí, CRB, CSA e Guarani lutam por um lugar no Campeonato Brasileiro de 2022

postado em 28/11/2021 09:25

(Foto: Avaí / Flickr )
Oito jogos encerram a Série B do Campeonato Brasileiro no domingo, todos com início às 16 horas. Se o campeão Botafogo, Coritiba e Goiás já subiram, Avaí, CRB, CSA e Guarani lutam pela última vaga do acesso. Do outro lado, Remo, Londrina e Vitória tentam evitar o mesmo destino de Confiança e Brasil de Pelotas-RS, já rebaixados à Série C.



O Avaí, entre os quatro clubes que sonham pela última vaga do acesso, é o único que depende apenas das suas forças. Para melhorar ainda mais, o clube catarinense defenderá invencibilidade de três meses como mandante contra o Sampaio Corrêa na Ressacada, em Florianópolis (SC). Na quarta colocação, com 61 pontos, o Avaí subirá de divisão em caso de vitória simples. O Sampaio Corrêa, com 47 pontos, só cumpre tabela.

Em Ponta Grossa (PR), o CRB visita o Operário. O CRB ocupa a quinta colocação, com 60 pontos, a um do G-4. Só a vitória interessa aos alagoanos. Além de vencer no interior paranaense, o CRB ainda precisará de um tropeço do Avaí. Só assim poderá voar para a Série A. O Operário tem 45 pontos e está livre do rebaixamento.

Em Maceió (AL), o CSA receberá o Brasil-RS. Na sexta colocação, com 59 pontos e 17 vitórias, só o triunfo interessa ao CSA. Além da vitória, o time precisará de tropeços de Avaí (61) e CRB (60) Mesmo que o Avaí empate e os rivais azuis igualem nos 62 pontos, o CSA levaria vantagem no número de vitórias, uma vez que hoje somam 17 cada. O Guarani também pode ir a 62 pontos em caso de triunfo, mas pararia nas 17 vitórias. O Brasil-RS, com 23 pontos, está rebaixado.

A situação do Guarani é a mais difícil de todas. Para começar, precisa vencer o campeão Botafogo no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. Só com a vitória, os paulistas, na sétima colocação, com 59 pontos, poderão sonhar. Além dos três pontos, o Guarani precisará de tropeços de Avaí (61), CRB (60) e CSA (59). Mesmo que o Avaí empate, o Guarani levaria vantagem no saldo de gols (13 a 8).

Na luta contra a degola, o Remo é o único que depende apenas de si. O duelo em Belém será contra o vice-lanterna Confiança. Fora da zona do medo, o Remo ocupa a 16.ª posição com 42 pontos. Basta uma vitória para seguir na Série B.

Se empatar, o Remo vai precisar de um tropeço do Londrina. Nesse cenário, o Vitória não assusta mesmo se vencer. Afinal, não chegaria no número de triunfos (11 a 8). Em caso de derrota, o Remo precisará de tropeços de Londrina e Vitória.

No Estádio do Café, o Londrina receberá o Vasco. Para sonhar em fugir da Série C, o clube paranaense terá que vencer. Além da vitória, o Londrina vai precisar de um tropeço do Remo. Só com esse cenário, o Londrina não cairá. O time do técnico Márcio Fernandes abre a zona de rebaixamento, no 17.º lugar com 41 pontos. O Vasco, por outro lado, não conseguiu o acesso e soma 49 pontos.

Por fim, o Vitória terá uma situação complicada. Em Salvador (BA), o primeiro objetivo será vencer o Vila Nova. O Vitória amarga a 18.ª colocação, dentro da degola, com 40 pontos. Além de triunfar, o clube baiano precisará de uma derrota do Remo (42) e um tropeço do Londrina (41). Só assim, o Rubro-negro escapa da queda.

Confira os jogos da 38.ª rodada da Série B:

QUINTA-FEIRA

Cruzeiro 0 x 0 Náutico

SEXTA-FEIRA

Ponte Preta 3 x 2 Coritiba

DOMINGO

16 horas

Botafogo x Guarani

Goiás x Brusque

Londrina x Vasco

CSA x Brasil de Pelotas-RS

Operário x CRB

Avaí x Sampaio Corrêa

Vitória x Vila Nova

Remo x Confiança

Tags: serieb cruzeiroec futnacional vascorj botafogorj vitoriaba londrinapr avaisc guaranisp crbal remopa csaal