CSA

SÉRIE B

Com três gols do artilheiro Paulo Sérgio, CSA bate Paraná e soma 2ª vitória seguida

Com goleada sofrida, tricolor perde chance de voltar ao G4

postado em 10/10/2020 21:03

(Foto: Reprodução/CSA)
Em uma noite de sábado inspirada do atacante Paulo Sérgio, que marcou três gols e se tornou o principal artilheiro do Brasil em 2020, com 20 gols marcados desde o começo da temporada, o CSA conseguiu embalar a segunda vitória seguida para seguir, mesmo que distante, na briga pelo acesso. Jogando no estádio Rei Pelé, o time alagoano recebeu e venceu o Paraná, pelo placar de 4 a 0, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o CSA chegou aos 19 pontos e aparece na décima colocação. Cinco atrás da Ponte Preta, que tem 24 e é o primeiro time dentro do G4. Em 14 jogos, o time alagoano venceu seis, empatou um e perdeu sete. Do outro lado, o Paraná perdeu a chance de voltar ao grupo do acesso, ficando estacionado na sexta colocação, com 23.

Paulo Sérgio, que chegou aos 20 gols na temporada, começou 2020 jogando no FC Cascavel e marcando quatro, e também passou pelo ABC, onde fez mais dez. Contratado recentemente pelo CSA, ele já tem seis gols com a camisa do time alagoano. Com isso, ultrapassa Léo Gamalho e Thiago Galhardo, ambos com 18. O primeiro não joga mais no Brasil após ter se transferido para o Al-Khor, do Qatar.

O duelo começou bastante equilibrado com as duas equipes trocando passes no meio-campo e buscando chegar com perigo ao gol adversário. Logo na primeira ida ao ataque, o CSA conseguiu abrir o placar. Aos nove minutos, em um contra-ataque rápido, Rodrigo Pimpão recebeu um lançamento pela direita e cruzou rasteiro na área, encontrando Paulo Sérgio, que em meio aos marcadores, só escorou para o fundo das redes.

A partir daí, o CSA ficou mais livre em campo e sete minutos depois, aos 15, conseguiu fazer mais um. Paulo Sérgio chutou de fora e a bola bateu no braço do zagueiro Salazar, dentro da área Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança e não desperdiçou, batendo no meio do gol, enquanto o goleiro Alisson caiu para a direita.

Enquanto o Paraná tentava responder, o CSA seguiu preciso em seus ataques e aos 22 minutos marcou o terceiro gol, desta vez com Andrigo. Após um cruzamento da esquerda, a bola foi escorada por Nadson para o meia-atacante que recebeu, limpou um marcador e bateu firme na saída do goleiro.

Nos minutos finais, o time visitante tentou marcar o seu gol e ficou com a bola no ataque, mas sem sucesso. Por isso, o primeiro tempo terminou em 3 a 0 para o time mandante.

No retorno para a segunda etapa, o Paraná voltou com quatro mudanças no time titular na busca por um resultado que já estava praticamente perdido. Mesmo assim, as mudanças não surtiram efeito e aos oito minutos, o CSA marcou o quarto gol, o terceiro de Paulo Sérgio na partida. Após um lançamento na área, a bola sobrou os pés do atacante, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Sem muita inspiração, o Paraná tentava responder, mas pouco chegou com perigo no gol de Matheus Mendes. Enquanto isso, o CSA passou a controlar a vitória e o ritmo do duelo caiu bastante. Nos minutos finais, o time visitante até exerceu uma pressão maior. Apesar disso, o duelo terminou mesmo com a vitória do CSA pelo placar de 4 a 0.

Os dois times voltam a campo na próxima semana para a disputa da 16.ª rodada da Série B. Na terça-feira, o CSA visita o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, às 19h15. Já no outro domingo, o Paraná recebe o Sampaio Corrêa, às 20h30, no Durival de Britto.


CSA 4 X 0 PARANÁ

CSA - Matheus Mendes; Diego Renan (Norberto), Cleberson (Ignácio), Luciano Castán e Rafinha (Igor Fernandes); Yago (Marquinhos), Geovane, Andrigo e Nadson (Pedro Júnior); Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio. Técnico: Mozart.

PARANÁ - Alisson; Toninho (Caio), Salazar, Hurtado e Jean; Jhony Douglas, Higor Meritão (Vitinho Mesquita) e Robson Bressan; Léo Castro (Bruno Gomes), Gabriel Pires (Bruno Xavier) e Marcelo (Andrey). Técnico: Allan Aal.

GOLS - Paulo Sérgio, aos 9 e aos 16 minutos do primeiro tempo e aos 8 minutos do segundo tempo, e Andrigo, aos 22 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli (MG).

CARTÕES AMARELOS - Pedro Júnior (CSA) e Salazar e Kaio(Paraná).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Tags: serieb americamg cruzeiroec