Futebol Nacional

Boa fase faz Jô virar artilheiro do Atlético na era "Caiu no Horto, tá morto"

Atacante chegou a 11 gols pelo Galo na Arena Independência

postado em 10/04/2013 09:22 / atualizado em 09/04/2013 19:39

Bruno Cantini/ Atlético
Nenhum outro jogador do Atlético marcou mais gols na Arena Independência que Jô. Ele é o artilheiro do time na chamada era “Caiu no Horto, tá morto”, que corresponde ao período de invencibilidade do Galo iniciado na reinauguração do estádio, em abril do ano passado.

Com os dois gols marcados na goleada de 4 a 0 sobre o Boa Esporte, Jô chegou a 11 tentos na Arena, ultrapassando Ronaldinho Gaúcho, que tem 10. Réver e Bernard fizeram nove gols, cada.

A temporada 2013 tem sido bastante positiva para Jô. Ele é o goleador do time este ano, com oito gols, seguido por Bernard e Réver, que têm seis. Além disso, o atacante possuiu cinco assistências para companheiros.

Dos 14 jogos do Atlético em 2013, Jô esteve fora apenas de um, contra o Nacional. Nos 13 em que esteve em campo, o centroavante, com gols e assistências, foi diretamente decisivo para o Alvinegro conquistar nove vitórias.

O técnico Cuca ressalta que foi justamente apostando na atual fase do atacante que o Atlético decidiu buscar Jô no Internacional, onde estava encostado:

“É um jogador que vive um grande momento, técnica e fisicamente. Está nos encorpando. A gente quando trouxe o Jô, era com essa imagem e ideia que temos hoje”, destaca Cuca.

Jô comanda vitória sobre o Boa